Dirk Heinen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde fevereiro de 2013)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Heinen
Heinen
Informações pessoais
Nome completo Dirk Heinen
Data de nasc. 3 de Dezembro de 1970 (44 anos)
Local de nasc. Colônia,  Alemanha
Altura 1,87 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes de juventude
?-1981
1981-1989
RW Köln-Zollstock
Bayer Leverkusen
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1990-1999
2000-2002
2002-2003
2003-2007
2008
Bayer Leverkusen
Eintracht Frankfurt
Denizlispor
VfB Stuttgart
Arminia Bielefeld
107 (0)
62 (0)
0 (0)
3 (0)
1 (0)

Dirk Heinen (Colônia, 3 de dezembro de 1970) é um ex-futebolista alemão que atuou como goleiro.

Carreira em clubes[editar | editar código-fonte]

Heinen jogou a maior parte de sua carreira no Bayer Leverkusen, onde militou durante toda a década de 90. Entre 1990 e 1999, foram 107 partida pelos Aspirinas.

Em 2000, jogou pelo Eintracht Frankfurt, sendo o titular em 62 partidas. Com a concorrência enfrentada com o macedônio Oka Nikolov, perdeu espaço na equipe e foi jogar no Denizlispor. No clube turco, não foi aproveitado em nenhum momento, pois o titular era Süleyman Küçük.

Após o insucesso vivido na Turquia, Heinen retornou à Alemanha para defender o VfB Stuttgart. Apesar de sua experiência (tinha 32 anos quando foi contratado), foi obscurecido por Timo Hildebrand na disputa por uma vaga na equipe titular, chegando inclusive a ser terceira opção ao gol do Stuttgart em alguns momentos.

Com a saída do suíço Diego Benaglio do Stuttgart, em 2006, Heinen voltou a ser segunda alternativa ao gol da agremiação, sucedendo Hildebrand apenas em três partidas - um número muito baixo para um atleta experiente como Heinen, que ainda assim se sagrou campeão alemão na temporada 2006-07, seu segundo título na carreira (foi vencedor da Copa da Alemanha 1992-93, com o Leverkusen).

Depois do título, Heinen anunciou que pararia de jogar profissionalmente e se mudaria para a Irlanda com a sua esposa. Mas em janeiro de 2008, uma proposta do Arminia Bielefeld convenceu o goleiro a retomar a carreira.

No time da Renânia do Norte-Vestfália, Heinen chegou para ser a terceira alternativa a Mathias Hain e Rowen Fernández em algumas partidas. No entanto, o sul-africano (segunda opção ao gol do Arminia) sofreu uma lesão durante uma partida, e Heinen teve a sua grande chance com o clube, contra o Hannover 96, realizando sua última partida da carreira - e a única com a camisa dos Die Arminen.


Seleção[editar | editar código-fonte]

Mesmo tendo atuado durante uma década no Leverkusen, Heinen nunca foi lembrado para defender a Seleção Alemã em nenhum momento.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de AlemanhaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas alemães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.