Discantus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Discantus (em português: canto separado) é uma técnica de composição musical usada na Idade Média em associação com a Escola de Notre-Dame de polifonia. É uma das técnicas do organum que inclui um tenor em canto gregoriano com uma segunda voz acima composta em contraponto estrito de movimento contrário, nos intervalos de quinta, oitava e uníssono, e usando os modos rítmicos. Também podia ser composto a três ou quatro vozes, e nesta modalidade deu origem ao conductus.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal da Música Erudita

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

  • Clark Kimberling, "Hymn Tune Descants, Part 1: 1915–1934", The Hymn 54 (no. 3) July 2003, pages 20–27. (Reprinted in Journal of the Ralph Vaughan Williams Society 29 (February 2004) 17–20.)
  • Clark Kimberling, "Hymn Tune Descants, Part 2: 1935–2001", The Hymn 55 (no. 1) January 2004, pages 17–22.
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Discant», especificamente desta versão.
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.