Discussão:Aço

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

[[Imagem:== Modificações técnicas ==


Untitled[editar código-fonte]

Posso considerar esse artigo como algo impreciso se for analisar no contexto dos profissionais que entendem de Tecnologia dos Materias, em especial no aço, uma estrutura mecânica muito comum. Por isso, na medida do possível estarei alterando alguns dados chegando próximos dos reais, ou pondo informações levemente técnicas.

--Mateusrcp 02:12, 10 Março 2006 (UTC]])'

ħ olaty e8s5tu8we4 ytuieaut8klje589 tneit8uekrurdtknri8t7ktrn8rtyk krnt


Usuário x: Estarei alterando algumas informações do artigo, segundo definições que tenho como estudante de engenharia de materiais. Listarei aqui as informações que foram alteradas e justificativas para as alterações, para discussão caso haja discordância por parte de qualquer um. Caso haja consentimento por muitos a respeito de alguma alteração, peço que apaguem da lista abaixo as alterações e suas justificativas a fim de deixar este ambiente de anotações o mais limpo possível.

29/04/2014: Alteração1: "Aço é uma liga metálica formada essencialmente por ferro e carbono, com percentagens deste último variando entre 0,008 e 2,11%." Essa definição é mais apropriada para os aços carbono, pois, a exemplo dos aços inoxidáveis (que contêm no mínimo 11% em peso de cromo), aços podem conter uma porcentagem muito significativa de sua composição em elementos de liga, além de carbono. Aços de alta resistência à corrosão podem conter apenas 70% ou menos de ferro. Contudo a principal característica, e que une todos os aços é: uma liga metálica cujo principal elemento constituinte é ferro (Fe) (a excessão dos ferros fundidos). Além disso, os aços IF (interstitial free) possuem teor de carbono de aproximadamente 0,002%, inferior a 0,008%. Além disso segundo definições, ligas binárias de ferro e carbono com até 0,25% em peso de carbono são considerados aços de baixo carbono.(Livro "Ciência e engenharia de materiais, uma introdução" autor callister, 7ª edição, capítulo 11)

Alteração2: "O carbono e outros elementos químicos agem com o agente de resistência, prevenindo o deslocamento em que um átomo de ferro em uma estrutura cristalina para passa para outro" Trecho confuso e pouco preciso. Foi substituído por uma definição mais precisa, embora breve, a respeito do mecanismo de endurecimento por solução sólida. Essa definição certamente não é acessível à maioria. Para tentar minimizar esse problema, marquei a discordância com hyperlink para o artigo de defeitos cristalográficos. Esse artigo (defeitos cristalográficos) é, atualmente, extremamente curto e pouco abrangente, visto que trata apenas de defeitos pontuais. Em breve irei adicionar a discordância como defeito linear no artigo de defeitos e explicar brevemente sua importância na deformação plástica de metais. Acredito que com isso uma compreensão razoável de por que a solução sólida provoca endurecimento será possível para o leitor.