Discussão:Espírito Santo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa



Untitled[editar código-fonte]

O artigo sobre o estado do Espirito Santo, nao fala sobre o estado brasileiro em si, descreve o significado do Espirito Santo como parte da Trindade Divina. O estado do Espirito Santo no Brasil e' rico de informacoes e pode ser explorado de forma bem satisfatoria.

                                      Marley Soncin
Correcção: o artigo sobre o Espírito Santo descreve a parte da trindade e fornece ligação para outros significados de "Espírito Santo", incluindo o estado. O que pode acontecer é existirem links incorrectos noutras páginas que em vez de ligarem para o estado, ligam para a concepção religiosa de Espírito Santo. --Jorge 16:36, 3 Mai 2004 (UTC)

Tenho uma petição para que se mude a página -"Espírito Santo" para algo como "Espírito Santo (religião)". Pondo em lugar da presente Págian "Espírito Santo" Somente uma página de desambiguação, com links claros a todos os artigos, pois sinto que a idédia religiosa não tem porque estar por em cima do estado. E "Espírito Santo (estado)" acredito que enquanto bem batizado no momento, sofre de complicações em encontrá-lo, por pessoas novatas ao site. Devo mencionar também que a estrutura corrente não é nada simples a um novato, simplesmente interessado em buscar informações. Agradeço a condsideração, K. Kurogawa 15:31, 15 Jun 2004 (UTC)

Discordo da primeira parte, mas concordo com a segunda. Isto é: para qualquer pessoa que não seja brasileira, e provavelmente até para muitos brasileiros, o significado primário de "espírito santo" é a entidade religiosa, portanto acho que é esta que deve ser colocada na página simples. Dito isto, também digo que a solução proposta pelo Kurogawa é também uma boa solução. Quanto à segunda parte, concordo que o título da página do estado não é o mais adequado. Deveria ser "Espírito Santo (Brasil)", na minha opinião. --Jorge 15:46, 15 Jun 2004 (UTC)

Feminino = neutro?[editar código-fonte]

É dito que a palavra hebraica ruach é feminina (estou a simplificar). Uma vez explicaram-me que o hebraico usa o artigo feminino para se referir ao género neutro - portanto segundo esta explicação, o Espírito Santo tanto poderá ser feminino como não ter género. Outra coisa que me foi dita é que é muitas vezes difícil distinguir quando é que "espírito" (no original ruach ou pneuma) se refere de facto ao Espírito Santo, e não a vento ou sopro. Ideias? -- Tintazul 16:05, 21 Setembro 2005 (UTC)

     E desde quando o Espírito Santo é um Sopro ou vento?

O espirito de eclesiastes 12:7[editar código-fonte]

Gostaria de fazer um comentario a respeito de Eclesiastes 12.7,que diz que o espirito volta a Deus. A maioria dos teologos concordam que quando aparese espírito em letra minuscula se refere ao espíto do homem e quando é em letra maiuscula é o Espírito Santo de Deus. Neste texto o espirito se encontra com letra minuscula referindo-se ao espirito do homem. Temos que respeitar a exegese do texto e entender o contexto,para não ferirmos o texto sagrado.Neste caso o texto relata o pensamento do rei Salomão a respeito da vida do homem sobre a face da terra no versículo 7 ele diz "o pó volte à terra de onde veio E O espírito volte a Deus, que o deu".Então podemos comprender que este espírito é do homem.Faço este comentário respeitando o autor deste assunto.

                            Mário José Lemos.

Festa da Espírito Santo no Maranhão[editar código-fonte]

Será que esta festa não precisa de um artigo próprio?Rafael, o Galvão 13:33, 1 Abril 2006 (UTC)

ESTOU COMPLETAMENTE DE ACORDO. NÃO FAZ QUALQUER SENTIDO, NESTA PÁGINA, ESTA REFERÊNCIA. Roger Moore, 16:48, 29 Maio 2006 (UTC)

Para quando a separação entre a página dedicada ao "Espírito Santo" e a referência à festa com o mesmo nome no Maranhão? Há quem se oponha?


Interpretação segundo o Espiritismo[editar código-fonte]

Gostaríamos de citar neste espaço que nosso tópico intitulado “Interpretação de Espírito Santo segundo o Espiritismo” foi retirado (deletado por completo) do verbete Espírito Santo (religião) por ser considerado uma cópia do texto do livro A Sabedoria do Evangelho, de Carlos Torres Pastorino. Na verdade, o texto não é uma cópia, mas cita apenas as idéias contidas na obra, sem ferir, portanto, direitos autorais. Pedimos, portanto, a gentileza de que o texto seja mantido, porque o mesmo expressa as idéias do autor sem, no entanto, copiar sequer uma de suas frases.


Problemas na argumentação[editar código-fonte]

Gostaria de sugerir que fosse retirada a parte que fala da tradução do original grego para o português. Isto por que se o autor diz não haver artigos indefinidos no original, como ele pode traduzir usando-os?

A Pessoa do Espirito Santo[editar código-fonte]

O Espirito Santo, a 3ª Pessoa da Trindade, é alvo de muitas dúvidas em muita gente.... Não quero induzir ninguém, mas devemos ler a biblia do modo certo. Devemos ler pedindo para que Deus fale conosco e não querendo achar algum versículo que juntifique a nossa opinião.....É só pesquisar que vamos encontrar muitos grandes personagens históricos que buscaram referências biblicas para seus atos e depois se deram muito mau... Como até hoje acontece.--Andre Teixeira 23:43, 19 Janeiro 2007 (UTC)


Estudando Grego[editar código-fonte]

Em Grego antigo, sempre que há ausência de artigo definido (O, A, OS, AS), subentende-se AUTOMATICAMENTE, sem necessitar de interpretação, ou seja, por pura regra, que há um artigo indefinido (UM, UMA, UNS, UMAS). Para maiores informações, leia-se as obras de Carlos Torres Pastorino.

Espírito Santo segundo o espiritismo[editar código-fonte]

A fonte que o autor usou para a informação de que a língua grega não possuía artigos indefinidos (um, uma, uns, umas) parece estar equivocada, e conseqüentemente gerou uma conclusão também errada. Assim então a citação de Lucas 1:15 e Lucas 1:35 também não podem ser traduzidos como "um espírito santo", aliás nenhuma tradução deste texto inclusive para outras línguas a traduzem desta forma. Sugiro que esta secção seja melhorada para não conter informação errada ou então alerte o leitor da possibilidade da fonte estar errada.

A Santissima Trindade[editar código-fonte]

O Espírito Santo é o próprio Deus , não uma terceira divindade João 4:24 Deus é espírito e ponto final . O homem interpreta a bíblia fazendo de Deus um Deus com três cabeças, (Santíssima Trindade). Em primeiro lugar a Santíssima , não tem nada de santa já que não tem nenhuma referencia bíblica a palavra Trindade na bíblia, essa palavra provem do homem, e Deus seja verdadeiro e todo homem mentiroso. Em Deuteronômio 12:5 existe a promessa de um lugar a qual Deus o próprio Espírito Santo, (Não a segunda ou terceira divindade) levantaria um tabernaculo Santo, sem mancha, sem pecado para ali pôr o seu nome....Qual o lugar Isaias profetizo ao respeito Isaias 9:6 Um menino e ele seria Pai da eternidade João 14:7 Agora já o conhesse-mos e proclamamos e somos submergidos nas águas invocando o seu Nome Atos 2:38 ,Porque só nele esta a salvação Atos 4:12. Mateus 28:19 é uma revelação , uma parábola da qual nestes últimos dias Deus esta se revelando e dando a conhecer o seu Nome. Senhor Jesus Cristo. GLORIA.

Enciclopédia[editar código-fonte]

O artigo está correto quando se presta à finalidade verdadeira de uma enciclopédia, a saber, servir de repositório de conhecimento e cultura. Sendo assim, é altamente recomendável que ele expresse as opiniões das mais variadas correntes filosóficas e religiosas. Porém, o artigo fica corrompido quando tenta exprimir apenas uma visão ideológica ou quando alguém tenta diminuir ou podar as idéias de outras doutrinas religiosas que têm todos os direitos (previstos em Lei) de participar da elaboração desta enciclopédia. Importantíssimo lembrar que a Wikipédia é uma enciclopédia (contendo todos os pontos de vista), e não um altar onde apenas um tem voz.

Dons do Santo Espírito[editar código-fonte]

Amigos, o que São Paulo diz sobre os dons do Espírito Santo na Primeira Carta aos Coríntios, fala na verdade não dos "Dons Espirituais" do Espírito, mas sim digamos dos "Dons Práticos" dele. Segundo a Igreja, os dons descritos por São Paulo são: "Manifestações do Espírito de Deus, nas primeiras Comunidades Cristãs." Isso é muito diferente dos Sete Dons do Espírito Santo, que todo católico, ao receber o Sacramento do Crisma, passa a levar consigo, após a imposição das mãos do Bispo. Tais dons são: Inteligência ou Entendimento, Ciência, Conselho, Sabedoria, Piedade, Temor de Deus e Fortaleza. Os 7 Dons, também não devem ser confundidos com os Doze Frutos do Espírito Santo, que são: Paciência, Alegria, Mansidão, Paz, Caridade, Castidade, Continência, Bondade, Benignidade, Longanimidade, e Modéstia. Acho que seria muito bom esclarecer isso. Abraço! Cel. Mpheus (discussão) 17h28min de 12 de outubro de 2011 (UTC)

Ruah Hakodesh não é o mesmo que espírito santo[editar código-fonte]

Respeito muito os intelectuais da nossa época mas com relação ao Ruah hakodesh, quer dizer Vento Separado ou Espírito separado e nunca espírito santo. De que separação fala Ele portanto, se não a de ser separado das coisas do mundo. ex: tem certos religiosos intitulando-se 'pais de santo. Se o santo a quem ele se refere é alguém da parte do Hakodesh, como pode este pai que fuma, bebe, aceita pedidos de alguém em troca de dinheiro para obter vantagem e ate para matar, se envolve em atos de homossexualismo (nada contra a pessoa do homossexual, mas tudo contra o ato em si) pode ter autoridade sobre alguém tão sublime como o hakodesh do criador do céu e da terra, se o próprio, pela boca do amado filho, Yehoshuá disse a cerca da adoração que a ninguém chamásemos "pai" porque apenas um é o nosso Pai, o que está no céu. Tambem sabemos , historicamente, que o sanctvs era uma entidade pagã adorada entre os deuses latinos. Os intelectuais que me perdoem mas não tem autoridade para relacionarem tais palavras, pois lhes falta conhecimento espiritual.

Conflito de Referência[editar código-fonte]

Alguém pode me ajudar a corrigir o erro de referência (referência n. 2), pois não consegui localizar.

T C Hammond; Revised and edited by David F Wright (1968). In Understanding be Men:A Handbook of Christian Doctrine. sixth ed. Inter-Varsity Press [S.l.] pp. 54–56 and 128–131. Erro de citação: Invalid <ref> tag; name "Hammond" defined multiple times with different content""

Desde já, agradeço. --Cláudio José Aarão Rangel (discussão) 01h17min de 10 de maio de 2016 (UTC)

Yes check.svg Feito, diff. --Luk3🔔📖 22h13min de 11 de maio de 2016 (UTC)