Discussão:Jean-Jacques Rousseau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

--189.41.82.70 (discussão) 15h41min de 20 de outubro de 2009 (UTC)Mariane 20/10/2009189.41.82.70 (discussão) 15h41min de 20 de outubro de 2009 (UTC)texto a negritoContracto = contraído.

Sem título[editar código-fonte]

O certo é contrato social... Manuel Anastácio 18:18, 28 Mai 2004 (UTC)

Parcialidade[editar código-fonte]

O artigo está muito fracoççloko mas principalmente demonstra uma clara subjectividade da análise de acontecimentos históricos influenciados pelos escritos de Rousseu. O artigo reflecte a opinião do seu autor e não faz uma análise objectiva da obra do filosofo em questão.

Se o autor do artigo pretendia uma confrontação de ideias sobre o autor deveria pelo menos ter citado um historiador que demonstrasse, na sua opinião, o legado positivo dos escritos de Rousseau. Não o fazendo e estabelecendo em todo o artigo uma conotação negativa, presta um mau serviço a todos os utilizadores da Wikipedia, visto que não pretende ser objectivo.

Hitler[editar código-fonte]

"Victor Klemperer, ao estudar o Iluminismo francês em geral e Rousseau em particular, viu em Adolf Hitler a concretização suprema dos ideiais defendidos pelo filósofo do século XVIII." Quais ideais eram esses que foram concretizados por Hitler? <<Porque, em seu legado filosófico, Rousseau não deixou algo que tivesse o intuito de desmerecer o gênero humano. Muito pelo contrário... Rousseau via com extrema importância os progressos verdadeiros feitos pelo homem, sobretudo se este levasse em conta seus sentimentos e paixões. Hitler, ao contrário, era um sádico. Assim, concluímos que Rousseau não é de acordo com nenhum tipo de absolutismo, a não ser o da Vontade Geral, que é o poder do povo em favor do próprio povo. ismael.oxente>>--189.3.9.113 18:53, 6 Novembro 2006 (UTC)--189.3.9.113 18:53, 6 Novembro 2006 (UTC) Rousseau era um amante da liberdade, totalmente contra a escravidão, portanto, contra a supremacia de uma raça sobre outra. Agora, como pode alguém querer vincular a imagem de um gênio como Rousseau a um déspota como Hitler? "Liberdade, Igualdade, Fraternidade", o que essa frase tem a ver com Hitler?


Também não compreendi a relação que o autor do artigo fez com Hitler. Absolutamente contraditórias as abordagens a respeito do ser humano entre Hitler e Rousseau... gostaria de ter explanações a respeito do assunto.


--- Acho que seria sensato retirarmos este trecho que se refere a Hitler deste artigo. além de não termos uma fonte confiável desta citação de Klemperer, o fato de alguem ter estudado o iluminismo e Rousseau e fazer uma aproximação com Hitler não quer dizer que seja uma abordagem para constar numa enciclopédia que se pretende imparcial. Basta pesquisar nos artigos sobre Rousseau da Wikipedia em outros idiomas como o francês por exemplo para verificar que em nenhum deles existe essa comparação.

Acabei retirando este trecho do artigo... Antes a ausência da informação do que a informação errada. Homemdodedo 01h59min de 13 de Junho de 2007 (UTC)

  • essa discussão está parcial..rotulam hitler sem conhecer o personagem historico que ele realmente foi e idealizam rosseau de modo irracional e romanticista..

Precisa ser consertado.[editar código-fonte]

A Biografia está especialmente falha e mal redigida. Por exemplo, Rosseau não perdeu o pai aos dez anos. Mais ou menos por essa idade ele e seu genitor separaram-se devido a problemas legais que o pai enfrentou em Genebra. A ligação entre os dois não se rompeu até a morte de Isaak Rousseau, quando seu filho contava 34 anos.

Artigo bem fraco, precisa ser mais enciclopédico e completo[editar código-fonte]

Rousseau foi uma das principais inspirações ideológicas da segunda fase da Revolução Francesa - a 
última das revoluções modernas, e que deu início a um longo período de terror e instabilidade  
política,  que acabaria por levar à ditadura de Napoleão. Do Contrato Social, de sua autoria, inspirou 
muitos dos revolucionários e regimes nacionalistas e opressivos subseqüentes a esse período, um pouco 
por toda a Europa continental.

este trecho se desvirtua do artigo sobre Rousseau e parece ser um paragráfo sobre a revolução francesa. Além de estar um pouco tendencioso demais, desqualificando a revolução francesa sem colocar seus aspectos positivos ( fim da monarquia, etc)

o parágrafo seguinte trata de Hitler e não de Rousseau

o outro do que Voltaire diz sobre Rousseau

acho que vale dar uma revisada nele... e focar o texto mais em Rousseau do que sobre o que dizem ou fizeram de seus pensamentos Homemdodedo 00h13min de 13 de Junho de 2007 (UTC)

a filosofia de Rousseau

"O homem é bom por natureza. É a sociedade que o corrompe."

isso parece meio contraditorio, por que a sociedade é o mero reflexo do proprio homem..ou seja, se ela é corrupta é por que o homem é corrupto..o bom selvagem só ainda o era por que ainda não tinha tido a capacidade de gerar uma sociedade mais complexa e portanto a oportunidade para se tornar só mais um corrupto/"corrompido"(que na verdade ja estava na sua essencia como animal, variando apenas nos graus entre grupos e individuos)..e por falar nisso ele ignorava o canibalismo de nativos de outros continentes, ficando assim mais facil idealizar o estado natural do homem pre-complexização social, que ja tinha as mesmas tendencias actuais, apenas ele que não queria o ver..tambem não tinha conhecimentos na area de primatologia evolucionista pra perceber os chipanzes que se assasinam nas florestas a troco de nada..é incrivel que um teorico com bases tão superficiais e parciais tenha influenciado outros tantos auto-cegos..

  • esta é ala classica do politicamente correcto, mas já há uma ainda mais fanatica que rosseau dizendo que o homem nasce mauzinho e tem que ser robotizado de acordo com valores irracionais surgidos em determinados tempos-espaços e circunstancias memeticas irracionais; só que o cerne da questão é o que seria nascer bom pra rosseau e o que seria ser mauzinho?quem define os valores?aristoteles por exemplo era a favor da escravidão..seria considerado hoje um politicamente incorrecto, por que surgiu seculos antes da influencia essenista..e portanto numa era em que tudo era mais puro e original, mais proximo da natureza eurasica e mundial antes da artificialização anti-natural das influencias cristãs que rosseau parece ter absorvido na maçonaria e versão materializada da ex-metafisica e pseudo-ethos deturpada da pos-escolastica deturpadora da filosofia e dos valores originais gregos (athenas era uma cidade machista e esparta era anti-multicultural, mas hoje em dia idealizam elas como se fossem um paraíso do politicamente correcto..)!