Discussão:Projetor cinematográfico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

André Koehne (DctribAElogsBMF) 17/08/2013 16h53: Uma moção de artigo, como esta feita por ti, não merecia uma discussão prévia? Ou ao menos um comunicado a quem criou o artigo? Cordialmente, André Koehne.

Tem razão, André. Eu não devia ter movido o artigo (de projetor de filme para projetor cinematográfico) sem discussão prévia. Trabalho no setor e acredito que a segunda expressão é mais usada por cineastas, exibidores, distribuidores e técnicos, embora a primeira seja mais comum para o público. Acho inclusive que o aparelho diz mais respeito ao cinema (o local onde os filmes são exibidos) do que ao filme (palavra que pode se referir tanto às obras quanto ao material de que são tradicionalmente feitas). Mas tudo isso é apenas a minha opinião. Peço desculpa e aguardo sua argumentação. Abraço. Gjpab (discussão) 21h14min de 17 de agosto de 2013 (UTC)

  • Sem problema, Gê-jota. Se não houve a prévia, façamos a "póstuma", he, he... Bem, vamos lá... Na época em que criei este artigo, estava pensando (inclusive ilustrando) para a descrição do maquinário que efetivamente fazia a projeção de "filmes", no sentido estrito (ou literal?) das películas cinematográficas; A "projeção cinematográfica", tal como está, me parece um sentido muito mais amplo - pois hoje temos projetores de DVDs, 3D e outros - para além dos projetores diversos e mais antigos, como de super-8, sei lá... A "praia" não é minha.
  • Já que estamos a pensar juntos, e sendo tua praia, deixo a ti a solução disto. Pois, se vai este artigo falar da projeção "latu senso", ela fugirá àquele meu propósito inicial - que estava a fazer para as coisas do cinema, dentro do projeto equivalente e do portal idem...
  • Não sei se foi este o caso, mas lembro-me que quando editei iluminação de teatro, encontrei "trocentos" tipos de lâmpadas com nomenclatura distinta (e artigos idem) na anglófona; mas entre nós, lusófonos, não sei se temos mesmo que dividir as coisas... Foi isso. Abraço, e obrigado pela resposta. André Koehne (discussão) 22h43min de 17 de agosto de 2013 (UTC)