Discussão:Universidade de Mainz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Como não houve discussão para a mudança do título do artigo, desfiz a moção e retornei para o nome que o artigo foi criado, conforme fonte para referenciar o nome.JMGM (discussão) 04h51min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

165 livros, a maior parte brasileiros. Sendo a moção indevida, vou reverter. "Não haver discussão" não é motivo para reverter uma edição válida. Antero de Quintal (discussão) 21h42min de 24 de agosto de 2014 (UTC)

Vale a regra[editar código-fonte]

  • Página criada em novembro de 2008 como “Universidade de Mainz” por Zoicite.
  • Em 24/03/2011, RafaAzevedo moveu para “Universidade Johannes Gutenberg de Mainz” sem propor antes. Não foi contestado (WP:AUDAZ).
  • Em 12/10/2012, Kaktus Kid moveu de volta para “Universidade de Mainz” sem propor antes. Não foi contestado (WP:AUDAZ).
  • Em 15/12/2012,NunoD moveu para “Universidade de Mogúncia” sem propor antes. Não foi contestado (WP:AUDAZ).
  • Em 18/09/2013, Kaktus Kid moveu de volta para “Universidade de Mainz” sem propor antes e foi imediatamente contestado pelo Stegop. Vale o WP:Status quo anterior (“Universidade de Mogúncia”). Não foi contestado.
  • Em 22/08/2014, JMGM moveu para “Universidade de Mainz” e foi imediatamente contestado pelo Antero de Quintal. Vale o WP:Status quo anterior (“Universidade de Mogúncia”).
  • Inicia-se a presente guerra de movimentações.

Aplico então a recomendação de proteger a página contra movimentações no status quo anterior até que se decida o que fazer. Vide Discussão:Mogúncia. José Luiz disc 12h14min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

Risos. RafaAzevedo msg 12h46min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
Rafa, à luz das regras votadas por esta comunidade, qual é o erro do raciocínio acima? Na sua opinião, eu deveria proteger na versão atual (e ir contra WP:Status quo - leia lá, é claríssima a indicação de qual versão deve ser protegida) ou não proteger e deixar a GE continuar (que são as duas outras opções)? Enfim, o que não provocaria risos aqui? José Luiz disc 14h55min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

E o conjunto de ações vai pras cucuias Zé? JMGM (discussão) 12h41min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

Que conjunto? José Luiz disc 12h44min de 29 de agosto de 2014 (UTC)
  • Ver resposta na discussão do artigo principal Mainz. JMGM (discussão) 13h14min de 29 de agosto de 2014 (UTC)


Symbol comment vote.svg Comentário Cabe uma pergunta: se o verbete foi criado como Universidade de Mainz e depois mudado, o que provocou toda a disputa aqui, ele foi protegido como Universidade de Moguncia pq? Ou agora o Ze Luis se coloca contra as regras da Wikipedia? Não, vc não deveria proteger na versão atual seja ela a q for, se disputa pelo nome há, vc tem q protege-la na versão em que foi criada, isso é obvio e claro aqui, até se conseguir algum consenso. MachoCarioca oi 20h37min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

Leia a regra de novo e leia meu comentário em Discussão:Mogúncia. José Luiz disc 21h28min de 29 de agosto de 2014 (UTC)

Em suma, vale quem ganhou pela força bruta; ganha a guerra de movimentações quem tem mais tempo livre para ficar acessando a Wikipédia todos os dias e ver as movimentações dos artigos, enquanto quem trabalha e tem uma vida fora da Wikipédia tem que baixar as orelhas e ficar quietinho. Estamos bem, estamos bem... RafaAzevedo msg 00h39min de 4 de setembro de 2014 (UTC)

Eu fui contra WP:Status quo, mas sigo-a como decisão desta sábia comunidade (veja aqui quem - curiosamente - foi a favor) Qualquer edição, se não contestada por 30 dias, torna-se "automaticamente" estável. Privilegia quem edita muito, não te parece? Era neste sentido que eu dizia que quem edita muito não se incomoda com ela.... José Luiz disc 00h59min de 4 de setembro de 2014 (UTC)

Tendo em vista o que foi decidido na Discussão:Mainz pergunto se não seria hora de voltar este artigo para Universidade de Mainz por ser sua razão social de fato.? JMGM (discussão) 08h14min de 20 de setembro de 2014 (UTC)

"...por ser sua razão social de fato", não, por esse motivo esdrúxulo não há que mover nada. Fulviusbsas (discussão) 13h12min de 20 de setembro de 2014 (UTC)
Sabe ler? Cientistas da Universidade de Mainz identificam inibidor da formação da mielina no sistema nervoso central 20/11/2012 JMGM (discussão) 14h26min de 20 de setembro de 2014 (UTC)
PS:E mais todos estes livros que falam da Universidade de Mainz JMGM (discussão) 14h32min de 20 de setembro de 2014 (UTC)

O que eu questiono é seu uso totalmente inadequado de argumentos para renomeações. A "razão social" da Universidade é "Johannes Gutenberg-Universität Mainz", deveria ser esse o título do artigo? Diga que foi criado como "Universidade de Mainz" ou algo assim, mas não use argumentos na linha do "tem que ser o nome original" porque são risíveis. Fulviusbsas (discussão) 14h44min de 20 de setembro de 2014 (UTC)

Essa universidade é conhecida como Universidade de Mainz o artigo na wikien está com esse título e alguém traduziu com esse título, aí mudaram para Mogúncia, e aí eu estou solicitando que o nome volte para o título que foi traduzido que é Mainz e não Mogúncia. Nesta lista [1] que está sendo traduzida por vários editores estão todos os nomes de artigos e pela interwiki poderá chegar aos nomes que estão em português. JMGM (discussão) 15h18min de 20 de setembro de 2014 (UTC)
Você precisa parar de usar essa história de: "no inglês é assim", "é internacional", "o original". Pouco importa, no fim das contas, como os anglófonos afirmam que o local deve ser denominado, temos que nos embasar naquilo que há no português. No máximo é possível atribuir tão somente aquilo que o Fulviusbsas, nada mais.--Rena (discussão) 19h34min de 20 de setembro de 2014 (UTC)

Categorias no Commons [2] JMGM (discussão) 22h26min de 20 de setembro de 2014 (UTC)

PS:Mais interessante ainda Pictures from Wikipedia Academy Mainz 24./25. August 2007 JMGM (discussão) 23h06min de 20 de setembro de 2014 (UTC)
Volto a dizer, qual a finalidade disso? O Commons não é fonte fiável. Essa página da Wikipédia, também em inglês, além de não ser fonte simplesmente por pertencer ao projeto, está em inglês, o que reduz ainda mais seu uso.--Rena (discussão) 00h33min de 21 de setembro de 2014 (UTC)

Ai meu Jesus, a primeira edição é esta [3], será o Benedito que eu vou precisar desenhar pra você entender que não é para mudar nomes de cidades, e nomes de universidades só porque querem? Não deu para perceber ainda que nem todos concordam com essas mudanças de títulos de artigos? Estão infernizando a vida de muitos editores a troco de nada. Volte logo essa droga de título ao que era antes e parem de apurrinhar as ideias de quem está tentando fazer alguma coisa que não seja mudar títulos de artigos. Parem de uma vez por todas com essa maluquice e deixe os outros trabalhar em paz sem ter que ficar correndo atrás do que está sendo mudado sem consenso. Não perceberam ainda que já extrapolaram com esses aportuguesamentos do que não tem que ser e nem precisa ser aportuguesado. Haja saco pra aguentar isto. JMGM (discussão) 01h05min de 21 de setembro de 2014 (UTC)

Pra começo de conversa você é a única que está desde o ano passado somente envolvida em discussões. Se você ainda era ativa no domínio principal, realmente, era, hoje somente envolve-se em discussões, perseguindo trabalho alheio, mesmo quando você mesma afirma não conhecer sobre o tema. Você diz que enche o saco essas discussões, digo o mesmo. Várias pessoas se cansaram de ter que ficar ouvindo essa sua mesma ladainha sem sentido que não convence ninguém. Se quer fazer as coisas fluírem passe a editar somente aquilo que você gosta e entende e deixe os demais artigos para aqueles que entendem. Veja que você diz que muitos editores se cansaram, entretanto você é a única que fica nessa frenética necessidade de discordar por discordar. Nem mesmo o povo do Facebook, embora concordando contigo, veio em massa questionar os títulos como você esperava. E mais, se pretende insistir em discordar, algo que você tem direito, ao menos que procure algo realmente substancial para argumentar, e não fique de "argumentos" subjetivos que agradam somente sua pessoa e que não estão baseado em absolutamente nada que verse a academia (ex. de artigos onde isso ocorreu: Catar; Berengário de Namur; Aleixo Estrategópulo, Basílio Onomágulo, Reino de Jafanapatão).--Rena (discussão) 01h22min de 21 de setembro de 2014 (UTC)

Gostaria de entender por que "Mogúncia" voltou a ser "Mainz" mas essa continua a ser "Universidade de Mogúncia", mesmo tendo sido, como a outra, criada como "Mainz". Por que os dois pesos e duas medidas? Haverá algum argumento sério para defender isso, ou é só "porque quero que seja assim" e "porque prefiro Mogúncia"? RafaAzevedo msg 14h49min de 21 de setembro de 2014 (UTC)

Não me parece que o Fúlvio e eu estamos defendendo a manutenção desse nome. Somente ambos estamos criticando a maneira como a Jurema quer fazer com que a moção seja feita.--Rena (discussão) 16h44min de 21 de setembro de 2014 (UTC)
É verdade o que diz o Renato. Eu até sou favorável à mudança de título, pelo mesmo que ocorreu em Mainz. O problema aqui é a Jurema, a editora mais "anti-moção" que existe, com seus argumentos ridículos. Não importa as explicações que nós pacientemente demos em várias páginas espalhadas por ai, ela continua dizendo que tem que ser Mainz porque "em inglês é Mainz", "no Commons também", "a razão social da Universidade é Mainz", "o nome tem que ser o original", "os alunos de-não-sei-quem não entenderão o título" (pergunto: serão burros?), "no mapa tal é assim" e uma infinidade de exemplos mais. Sem falar na conspiração mundial lusitana para subverter a Wikipédia. Ela precisa entender que, se alguém mudar esse título, não será por outra coisa que simplesmente o fato de que o artigo foi criado como "Universidade de Mainz". --Fulviusbsas (discussão) 21h02min de 21 de setembro de 2014 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo da moção do título da página de Mainz para Mogúncia: per Cientistas da Universidade de Mainz identificam inibidor da formação da mielina no sistema nervoso central 20/11/2012 além das argumentações de Jurema, que são válidas. --Zoldyick (Discussão) 21h08min de 21 de setembro de 2014 (UTC)

Outro que não entendeu nada... Fulviusbsas (discussão) 21h12min de 21 de setembro de 2014 (UTC)
Achismo seu, opinião sua, guarde para si mesmo por que ninguém liga para aqueles que querer promover suas opiniões a todo custo! --Zoldyick (Discussão) 21h36min de 21 de setembro de 2014 (UTC)

Achismo? Nas últimas argumentações foram usados as seguintes páginas como evidência de que o artigo deveria ser "Mainz": um artigo da Wiki-en, uma foto do Commons, e uma busca no Commons. Além disso, foi dito que o nome Universidade de Mainz era a "razão social" da instituição. Óbvio que se usa "Universidade de Mainz", mas não sei como você pode dizer de maneira geral que os argumentos da Jurema são "válidos". Fulviusbsas (discussão) 22h27min de 21 de setembro de 2014 (UTC)

Procure pelas fontes "Karl Marx. A Guerra Civil da França. [S.l.]: Boitempo. p. 29." e "Almanaque Abril, verbete "Alemanha"." Ah, é clário, eu já estava me esquecendo do meu trunfo: Vários autores. Lexicon - dicionário teológico enciclopédico. São Paulo - SP: Edicoes Loyola, 2003. pp. 818. ISBN 851502487X que deixa os nomes "Mainz" e "Universidade de Mainz" bem claro e em evidência como algo lusófono e real. Agora, o que é que você vai fazer, meu caro sarcástico senhor sabe-tudo? --Zoldyick (Discussão) 02h47min de 22 de setembro de 2014 (UTC)
Zoldyick, decididamente você está levando a discussão a um rumo inapropriado. Já não basta a Jurema, precisamos de sarcasmo seu também? Não tem essa de trunfo. Desde o começo desta e doutras discussões todos concordaram que Mainz existe e é usado no Brasil, e até mesmo em Portugal brandamente, porém o que se defendeu também desde o começo, e a minoria não entendeu, é que Mogúncia, a forma aportuguesada, é comum a ambos os países e está em pleno uso em pelo menos um deles (Portugal). Ou seja, muito do que foi dito contra Mogúncia caiu por terra somente por isso. Entretanto, visando concluir a discussão principal e as outras, aqueles que defendiam Mogúncia optaram por ceder, haja visto que os artigos tinham sido criados com a grafia oposta. Porém, mesmo cedendo, nenhum dos cedentes aceitou desde o começo, e mesmo agora após a cedência, os argumentos risíveis apresentados para "sacramentar" o uso do exônimo, em especial aqueles proferidos pela Jurema e que foram listados pelo Fúlvio, dado que eles não baseiam-se em absolutamente nada que verse à academia, sem contar que, novamente, enquanto estávamos a ponto de concluir a discussão, a mesma dirigiu-se à página de discussão dum editor favorável a ela para pedir "ajuda" ([4])--Rena (discussão) 04h04min de 22 de setembro de 2014 (UTC)
Eu sugeria o editor Zoldyick a não voltar a ferir as normas de conduta e a aprender a situar-se melhor na discussão: já foi repetido inúmeras vezes que ambos os termos existem na literatura lusófona. Antero de Quintal (discussão) 08h15min de 22 de setembro de 2014 (UTC)
Desculpe, estou estressado, peço perdão e muito obrigado pela observação. --Zoldyick (Discussão) 15h06min de 22 de setembro de 2014 (UTC)

Cadê o administrador pra vir encerrar todas estas discussões que se referem a Mainz? JMGM (discussão) 10h42min de 22 de setembro de 2014 (UTC)

  • Bom, tendo em vista que Mainz já voltou ao título original, se não houver qualquer objeção (não vale "porque eu quero que seja assim") retornarei, por motivos de óbvia isonomia, o título da página ao formato com que ela foi criada. RafaAzevedo msg 02h58min de 16 de outubro de 2014 (UTC)

Centralizando discussões[editar código-fonte]

  • Esta discussão terá continuidade na Discussão:Mainz centralizando todas as discussões referentes aos títulos Mainz, Mogúncia. JMGM (discussão) 22h48min de 31 de março de 2015 (UTC)