Distritos da Argélia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Argélia
Seal of Algeria.svg

Este artigo é parte da série:
Política e governo da
Argélia



Outros países · Atlas

As províncias (wilayas ou vilaietes) da Argélia são divididas em distritos ou daíras (do árabe دائرة‎, transl. dāʾira). A capital de um distrito é chamada distrito sede (em francês, chef-lieu de daïra). Os distritos subdividem-se em uma ou mais comunas.

A capital nacional, Argel, única cidade do país a ter o estatuto de província, está dividida, assim como as demais províncias, em distritos (e municípios). Isto significa que os seus bairros e subúrbios têm o mesmo estatuto que os das pequenas cidades ou vilas no resto do país.

A administração de um distrito é atribuído a um chefe de distrito (chef de daíra), que é escolhido pelo presidente da Argélia. Os distritos são as únicas subdivisões políticas do país cujos administradores não são eleitos. São também as subdivisões mais fracas politicamente.

Os distritos da Argélia foram criados como arrondissements quando a Argélia era uma colônia da França e tinham estatuto igual aos arrondissements da metrópole, os quais eram subdivisões de departamentos, que, por sua vez, eram subdivisões de regiões - que, na Argélia francesa, eram chamadas de 'territórios'.

Os arrondissements foram mantidos por seis anos após a independência do país (1968), quando passaram a se chamar "daíras" e tiveram suas funções levemente alteradas. Já os antigos departamentos passaram a se chamar vilaietes (do árabe wilāya, através do turco vilāyet). Em 2016, havia um total de 548 daíras na Argélia.[1]


Mapa dos 48 vilaietes (ou províncias) da Argélia

Vilaietes e respectivo número de distritos (daíras)


Referências

  1. Embaixada da Argélia em Budapeste. Indicateurs socio-économiques: Territoire

Ver também[editar | editar código-fonte]