Abdelmadjid Tebboune

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Abdelmadjid Tebboune
Nascimento 17 de novembro de 1945 (75 anos)
Mécheria
Cidadania Argélia
Ocupação político
Religião Islã

Abdelmadjid Tebboune (nascido a 17 de novembro de 1945) é um político argelino, atual Presidente da Argélia desde 2019. Anteriormente, foi primeiro-ministro da Argélia de maio até agosto de 2017. Ele assumiu o poder após as renúncias dos presidentes Abdelaziz Bouteflika e Abdelkader Bensalah,[1] foi ministro da Habitação de 2001 a 2002 e, novamente, de 2012 até 2017.[2]

Primeiros anos e educação[editar | editar código-fonte]

Tebboune nasceu a 17 de novembro de 1945 em Mécheria, na Argélia. Licenciou-se na Escola Nacional de Administração em 1965.[3]

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Tebboune foi ministro-delegado para o Poder Local de 1991 a 1992. Mais tarde, sob a presidência de Abdelaziz Bouteflika, fez parte do governo como ministro da Comunicação e Cultura de 1999 a 2000, e seguidamente como ministro-delegado para o Poder Local de 2000 a 2001. Foi ministro da Habitação e Planeamento Urbano entre 2001 e 2002. Dez anos mais tarde, em 2012, regressou ao cargo de ministro da Habitação no governo do primeiro-ministro Abdelmalek Sellal.[2]

Após as eleições parlamentares de maio de 2017, o presidente Bouteflika nomeou Tebboune como sucessor de Sellal como primeiro-ministro a 24 de maio de 2017. A nomeação de Tebboune foi considerada uma surpresa.[2] O novo governo chefiado por Tebboune foi nomeado a 25 de maio.[4] Acabou por ser demitido pelo Presidente Bouteflika em agosto de 2017, tendo sido substituído por Ahmed Ouyahia.[5]

Foi eleito presidente da Argélia em 2019. Em 12 de dezembro de 2019, Tebboune foi eleito presidente após a eleição presidencial da Argélia em 2019, depois de receber 58% dos votos, contra candidatos de ambos os principais partidos (a Frente de Libertação Nacional e o União Nacional Democrática).[6][7] Em 19 de dezembro, ele assumiu o cargo e recebeu a Ordem Nacional de Mérito do seu antecessor, o Presidente Abdelkader Bensalah.[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Precedido por
Abdelmalek Sellal
Primeiro-ministro da Argélia
2017
Sucedido por
Ahmed Ouyahia
Precedido por
Abdelkader Bensalah
Presidente da Argélia
2019 - presente
Sucedido por
presente