Dobrado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde outubro de 2012). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Dobrado, de acordo com a terminologia musical, é um acidente musical duplo, que consistem em elevar ou abaixar a afinação em intervalo de um tom. Assim, enquanto o sustenido eleva em meio tom uma nota, um dobrado sustenido consiste na elevação de um tom. Do mesmo modo, o dobrado bemol desce a nota em um tom, visto que o bemol simples altera em meio tom descendente. Existem tonalidades que em cuja escala encontra-se notas com dobrado sustenidos, como também outras com dobrados bemóis. Por exemplo: A escala de Sol Sustenido(G#); Tem a nota Fá dobrado sustenido como sendo o sétimo grau da escala:

Sol# - Lá# - Si#.Dó# - Ré# - Mi# - Fá##.Sol#

Outros significados[editar | editar código-fonte]

No Brasil, a palavra dobrado é usada para indicar um subgênero das marchas militares, muito popular entre as bandas militares do país. Surgiu também no Brasil o chamado dobrado sinfônico, um tipo de peça escrita para bandas de música e bandas sinfônicas com contrapontos e um plano dinâmico bem mais trabalhados que os dobrados comuns. Entre os dobrados mais famosos estão o "Batista de Melo" e o "Cisne Branco".[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. renato_dobrados_joao_cavalcante_final.pdf. www.bibliotecadigital.ufmg.br. Consultado em 16 de fevereiro de 2017.
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.