Dominique Wolton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dominique Wolton
Nome nativo Dominique Wolton
Nascimento 26 de abril de 1947 (71 anos)
Duala
Cidadania França
Alma mater Institut d'Etudes Politiques de Paris
Ocupação sociólogo
Prêmios Cavaleiro da Legião de Honra, oficial das Artes e das Letras, Oficial da Ordem das Palmas Acadêmicas, Oficial da Legião de Honra
Dominique Wolton, em 2011

Dominique Wolton (Duala, 26 de abril de 1947) é um sociólogo francês, especialista em Ciências da Comunicação. Seus temas de estudo incluem mídias, espaço público e comunicação política. É diretor de pesquisa do Centre national de la recherche scientifique, onde coordena o Laboratório de Informação, Comunicação e Implicações Científicas.[1][2]

Entre outros livros é autor de Elogio do grande público: uma teoria crítica da televisão (Ática, 1990), Pensar a Comunicação (UnB, 2004), Internet, e depois? - Uma teoria crítica das novas mídias (Sulina, 2009) e Informar não é comunicar (Sulina 2010).[3]

Em 2013, foi agraciado com a Ordem Nacional da Legião de Honra.[4]

Referências

  1. «Indiscipliné - Éditions Odile Jacob». www.odilejacob.fr (em francês). Consultado em 12 de junho de 2017 
  2. «Uso de redes sociais na política esmaga o futuro, diz Dominique Wolton». Folha de S.Paulo 
  3. «Communicare 13.2». Faculdade Cásper Líbero. 17 de agosto de 2015 
  4. JDD, Le. «Légion d'honneur : Bachelot, Cresson, Uderzo et Pérec parmi les décorés». www.lejdd.fr (em francês). Consultado em 12 de junho de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre sociologia ou um sociólogo é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.