Droga lícita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Em alguns locais do mundo, as bebidas alcoólicas e o cigarro são drogas lícitas.

Droga lícita é uma droga cuja produção e uso são permitidos por lei da região onde são consumidas, sendo liberada para comercialização e consumo.[1]

Na maioria dos países, o consumo de drogas é regulamentado por órgãos oficiais que determinam quais substâncias podem ser consumidas ou comercializadas, podendo condicionar ou limitar seu uso conforme necessidades estabelecidas por políticas públicas, sendo seu uso geralmente atribuído a fins medicinais. No entanto, em muitos países do mundo, as bebidas alcoólicas e o cigarro, por exemplo, também são drogas lícitas apesar de seu consumo normalmente não ter fins medicinais.

As drogas lícitas mais consumidas[carece de fontes?] são: álcool, tabaco, benzodiazepínicos (remédios utilizados para reduzir a ansiedade ou induzir o sono); xaropes (remédios para controlar a tosse e que podem ter substâncias como a codeína, um derivado do ópio); descongestionantes nasais (remédios usados para desobstruir o nariz) os anorexígenos (utilizados para reduzir o apetite e controlar o peso); anabolizantes( usados para aumentar a massa muscular).[2]

O termo droga possui uma aplicação bastante específica. Segundo a definição literal, vê-se que droga é uma substância de uso médico ou terapêutico, ou ainda, aquilo que tem efeito entorpecente, alucinógeno ou excitante, cujo uso pode levar a dependência.[3]

As substâncias que recebem esta denominação, classificam-se em lícitas, de aplicação estritamente médica e terapêutica recomendada e controlada por profissional médico devidamente inscrito e habilitado no órgão competente da classe, e ilícitas, que são aquelas danosas à saúde ou ofensivas à moral sendo, portanto, proibidas por lei. Contudo existem as drogas lícitas de uso recreativo como as bebidas alcoólicas, tão prejudiciais à saúde quanto às drogas ilícitas.[1] Além de causar danos à saúde, as drogas possuem influência no desempenho escolar, causando uma queda nas notas e até mesmo um aumento na evasão dos alunos.[4]

Referências

  1. a b «Drogas lícitas e ilícitas - Mundo Educação». Mundo Educação. Consultado em 25 de agosto de 2016 
  2. Araújo, A. Ana Paula de. 2007. "Drogas Lícitas (Medicamentos)" no site Info Escola
  3. «Como 10 drogas lícitas (e ilícitas) agem no seu cérebro | EXAME.com». Consultado em 25 de agosto de 2016 
  4. Vilhena, Daniela (21 de janeiro de 2019). «Drogas, a urgência de um debate sem tabus». Ciência Hoje. Instituto Ciência Hoje. Consultado em 25 de setembro de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre drogas lícitas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.