Edu Ribeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde maio de 2016)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo baterista Edu Ribeiro, veja Edu Ribeiro (baterista).

Eduardo José Nunes Ribeiro, conhecido como Edu Ribeiro, (Florianópolis, 13 de janeiro de 1975) é um baterista brasileiro. Autodidata, aprendeu a tocar aos oito anos de idade e aos onze já se apresentava em bailes com a banda de sua família (Stagium 10).

No período em que cursava música popular na Unicamp, aproximou-se da música instrumental, e seu grupo Água (com Chico Saraiva e José Nigro) foi um dos selecionados para o projeto de música instrumental O Som da Demo, promovido pelo SESC/SP em 1995.

Em 1996 mudou-se para São Paulo, onde teve a oportunidade de trabalhar com vários artistas, entre eles Yamandú Costa, Chico Pinheiro, Johnny Alf, Rosa Passos, Arismar do Espírito Santo, Joyce, Dori Caymmi, Léa Freire, Bocato, Hamilton de Hollanda, Toquinho, Paulo Moura, Dominguinhos, Fafá de Belém, Toninho Ferragutti, Jair Rodrigues, Ernán Lopez-Nussa, entre outros.

Sua experiência no exterior inclui festivais como o Festival de Montreux, Kutchan Jazz Festival e Blue Note Yokohama, Parliament Jazz Festival, Imst Jazz, Festival de Frascatti e Niemegen, e em teatros na Espanha, Itália, Portugal, Alemanha, Tailândia, Singapura, Taiwan, Chile e Equador.

Atualmente Edu trabalha como professor na Faculdade Santa Marcelina e realiza workshops para alunos de bateria da Unicamp e dedica-se a divulgação de seu novo disco “Já tô te esperando”, com composições próprias e participações de Chico Pinheiro, Daniel D’Alcântara, Fábio Torres, Paulo Paulelli, Thiago do Espírito Santo e Toninho Ferragutti.

Com o Trio Corrente (Fabio Torres, Edu Ribeiro e Paulo Paulelli), ganhou o Grammy 2014 de melhor álbum latino de Jazz, "Song for Maura", em parceria com o músico e compositor cubano Paquito D'Rivera.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 2006 - Já tô te esperando - com Chico Pinheiro
  • 2005 - Corrente - com Paulo Paulelli e Fábio Torres
  • 2003 - Horizonte - com Daniel D’Alcântara, Vitor Alcântara, Sizão Machado e Tiago Costa
  • 1999 - Água - com Chico Saraiva e Zé Nigro

Ligações externas[editar | editar código-fonte]