Educação do campo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A educação do campo é a educação formal oferecida à população do campo.[1] De acordo com Roseli Salete Caldart, autora da obra "Pedagogia do Movimento Sem Terra" (2004)[2] a Educação do campo pode ser compreendido como fenômeno social constituído por aspectos culturais, políticos e econômicos. Nesse sentido, podemos inferir que os processos educacionais do campo precisam ser significativos conforme a realidade dos sujeitos que o integram.Desse modo, Educação do Campo surge a partir da preocupação dos sujeitos e dos movimentos sociais em promover processos educacionais para a consolidação dos valores, princípios e dos modos de ser e viver daqueles que integram o campo.

Várias universidades brasileiras oferecem o curso superior de licenciatura em educação do campo para a formação de professores em educação do campo.[3]

Referências

  1. Educação do Campo: marcos normativos
  2. CALDART, Roseli Salete (2004). Pedagogia do Movimento Sem Terra. São Paulo: Expressão Popular. 71 páginas 
  3. Programa de Apoio à Formação Superior em Licenciatura em Educação do Campo (Procampo)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]