Electric Café

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Electric Café
Álbum de estúdio de Kraftwerk
Lançamento 1986
Gravação 1982- 1986
Gênero(s) Música eletrônica
Synthpop
Duração 35:38
Formato(s) LP
Gravadora(s) Kling Klang
Cronologia de Kraftwerk
Computerwelt
(1981)
The Mix
(1991)
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AllMusic 3 de 5 estrelas.

Electric Cafe é o nono álbum de estúdio do grupo de música eletrônica Kraftwerk. Em outubro de 2009, foi relançado com o título original, Techno Pop[1].

O álbum se tornou famoso por ter levado quase meia década para ser produzido; o trabalho começou já em 1982 (com os títulos de Technicolor e, em seguida Techno Pop), mas o projeto foi adiado devido a um acidente de bicicleta sofrido por Ralf Hütter, e em seguida, devido as opiniões internas da banda de que a qualidade de produção do álbum não havia sido satisfatória, necessitando de muito re-trabalho.

O disco, masterizado por Bob Ludwig, foi finalmente lançado em 1986. É o álbum do Kraftwerk com as últimas participações de Wolfgang Flür e Karl Bartos, que posteriormente deixaram o grupo em 1987 e 1991, respectivamente.

Na ficha técnica do álbum consta a participação do atual integrante Henning Schmitz.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Edição inglesa[editar | editar código-fonte]

Lado A
N.º Título Duração
1. "Boing Boom Tschak"   2:57
2. "Techno Pop"   7:42
3. "Musique Non-Stop"   5:45
Lado B
N.º Título Duração
1. "The Telephone Call"   8:03
2. "Sex Object"   6:51
3. "Electric Café"   4:20

Edição alemã[editar | editar código-fonte]

Lado A
N.º Título Duração
1. "Boing Boom Tschak" (Hütter, Schneider e Bartos) 2:57
2. "Techno Pop" (Hütter, Schneider, Bartos e Schult) 7:42
3. "Musique Non-Stop" (Hütter, Schneider e Bartos) 5:45
Lado B
N.º Título Duração
1. "Der Telefon-Anruf" (Hütter, Schneider e Bartos) 8:03
2. "Sex Objekt" (Hütter, Schneider e Bartos) 6:51
3. "Electric Café" (Hütter, Schneider, Bartos e Schmitz) 4:20

Referências