Eleições legislativas na Áustria em 1959

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
‹ 1956 • Flag of Austria.svg • 1962
Eleições legislativas austríacas de 1959
165 deputados ao Parlamento
10 de Maio de 1959
Demografia eleitoral
Hab. inscritos:  4 696 603
Votantes : 4 424 658
  
94.21% Red Arrow Down.svg 1.1%
Logo SPÖ.svg
SPÖ
Votos: 1 953 935  
Lugares obtidos: 78 Green Arrow Up.svg 5.4%
  
44.78%
OVP.logo.png
ÖVP
Votos: 1 928 043  
Lugares obtidos: 79 Red Arrow Down.svg 3.7%
  
44.19%
Logo of Freedom Party of Austria.svg
FPÖ
Votos: 336 110  
Lugares obtidos: 8 Green Arrow Up.svg 33.3%
  
7.70%
Kommunistische Partei Öst.png
KPÖ
Votos: 142 578  
Lugares obtidos: 0 Red Arrow Down.svg 100%
  
3.27%

As eleições legislativas austríacas de 1959 foram realizadas a 10 de Maio. Os resultados deram a vitória, no voto popular, ao Partido Socialista da Áustria, mas, o Partido Popular Austríaco continuou a ser o partido com mais deputados. Estes dois partidos continuaram num governo de coligação após as eleições, como acontecia desde 1945, em que Julius Raab continuou a ser chanceler [1]. De destacar, a perda de deputados do Partido Comunista da Áustria que, desde então, nunca mais voltou ao Parlamento Austríaco.

Tabela de resultados[editar | editar código-fonte]

Partido Nº Votos % Votos +/- Nº Deputados +/-
Partido Socialista da Áustria 1 953 935 44,8% Aumento1,8
78 / 165
Aumento4
Partido Popular Austríaco 1 928 043 44,2% Baixa1,8
79 / 165
Baixa3
Partido da Liberdade da Áustria 336 110 7,7% Aumento1,2
8 / 165
Aumento2
Partido Comunista da Áustria 142 578 3,3% Baixa1,1
0 / 165
Baixa3
Liga dos Socialistas Democráticos 2 190 0,1% Novo
0 / 165
Novo
Votos inválidos 61 802 1,4% Aumento0,4
Total 4 424 658 100% 165
Eleitorado/Participação 4 696 603 94,2% Baixa1,1
Fonte [1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.bmi.gv.at/cms/BMI_wahlen/nationalrat/NRW_1959.aspx

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.bka.gv.at/site/5957/default.aspx Arquivado em 26 de dezembro de 2013, no Wayback Machine.. Visitado em 2015-08-21