Eleições parlamentares na Eslováquia em 2010

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Julho de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Eslováquia

As eleições parlamentares eslovacas de 2010 foram realizadas em 12 de junho. Essas foram as quintas eleições legislativas no país após a cisão da Tchecoslováquia, em 1º de janeiro de 1993.

O pleito[editar | editar código-fonte]

A votação transcorreu sem incidentes significativos, embora em plena onda de intenso calor que atingiu todo o continente europeu, porém, a participação acabou se aproximando de 65%, contra 55% de 4 anos atrás, indicou a Comissão Eleitoral Central.

Estavam inscritos 4,3 milhões de eleitores, de uma população total de 5,42 milhões, para escolher os 150 membros do Parlamento, com sede em Bratislava.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Os social-democratas venceram o pleito, porém a oposição de centro-direita conseguiu obter uma maioria capaz de desbancar a coalizão liderada pelo primeiro-ministro, Robert Fico, debilitado por um escândalo sobre o financiamento ilegal de seu partido. O partido governista Direção – Social Democracia (Smer) venceu com 34,8% dos votos, ou seja, do total de 150 cadeiras do Parlamento, os atuais partidos do Governo reuniriam 61 deputados, enquanto a oposição de centro-direita obteve 79 assentos. Após o Smer, estão três partidos de centro-direita: a União Democrata Cristã da Eslováquia (SDKU), com 15,4% dos votos; o partido Liberdade e Solidariedade (SaS), que obteve 12,1%; e o Movimento Cristão Democrático (KDH), com 8,5%. O Partido Nacional da Eslováquia (SNS), do ultranacionalista Jan Slota, acabou se tornando o último partido do Conselho Nacional da República Eslovaca (Parlamento), com 6,3% dos votos, após ter sido a terceira força parlamentar.

Tabela de resultados[editar | editar código-fonte]

Partidos Nº Votos % Votos +/- Nº Deputados +/-
Direção-Social-Democracia 880 111 34,8% Aumento5,7
62 / 150
Aumento12
União Democrata-Cristã Eslovaca - Partido Democrático 390 042 15,4% Baixa3,0
28 / 150
Baixa3
Liberdade e Solidariedade 307 287 12,1% Novo
22 / 150
Novo
Movimento Democrata-Cristão 215 755 8,5% Aumento0,2
15 / 200
Aumento1
Most-Híd 205 538 8,1% Novo
14 / 150
Novo
Partido Nacional Eslovaco 128 490 5,1% Baixa6,6
9 / 150
Baixa11
Partido da Coligação Húngara 109 638 4,3% Baixa7,4
0 / 150
Baixa20
Partido Popular – Movimento por uma Eslováquia Democrática 109 480 4,3% Baixa4,5
0 / 150
Baixa15
Partido da Esquerda Democrática 61 137 2,4% Aumento2,3
0 / 150
=
Partido Popular - Nossa Eslováquia 33 724 1,3% Novo
0 / 150
Novo
Partido Comunista da Eslováquia 21 104 0,8% Baixa3,1
0 / 150
=
Outros 67 079 2,6%
0 / 150
Total 2 529 385 100% 150
Eleitorado/Participação 4 299 482 58,8% Aumento4,1

Fonte[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Precedido por
2006
Eleições na Eslováquia
2010
Sucedido por