Elisabethpol (província)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Província de Elisabethpol ou Elizavetpol, foi uma das guberniyas do Império Russo, com seu centro em Elisabethpol, anteriormente denominada Ganja. Sua área era de 44.136 quilômetros quadrados,[1] e tinha 878.415 habitantes em 1897.[2]

História[editar | editar código-fonte]

A província foi criado em 1868 a partir de união das províncias de Bacu e Tiflis. A partir de 1905, houve tentativas por armênios da região de separar as áreas montanhosas (comumente conhecidas como montanhas de Carabaque) do resto do Elisabethpol. Nessas áreas, 70% da população era armênia. Embora o plano foi finalmente aprovado pelo vice-rei russo, ele nunca foi adotado.[3]Uma outra tentativa de criar um estado independente armênio na região foi a República da Armênia Montanhosa em 1921. Hoje, o território da antiga província está no oeste do Azerbaijão e áreas adjacentes da Armênia.

Demografia[editar | editar código-fonte]

A estimativa da população de 1886 foi de 728.943, que viviam em três cidades (Elisabethpol, Nukha e Shusha) e 1.521 aldeias. [3]

De acordo com o censo 1897, a população total era de 878.415 habitantes. Os maiores grupos étnicos eram os azeris (na época chamados de "azeri tártaros") com 534.086 (60,8%) e os armênios com 292.188 (33,3%).

Referências

  1. (em russo) Brockhaus and Efron Encyclopaedia[ligação inativa]: Elisabethpol Governorate
  2. (em russo) Brockhaus and Efron Encyclopaedia[ligação inativa]: Elisabethpol Governorate – additional information to the article
  3. a b Richard Hovanissian (1971). "Republic of Armenia", volume 1" (em inglês). USA: University of California. p. 81. ISBN 13:9780520019843 Verifique |isbn= (ajuda) 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Azerbaijão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.