Emoji

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Exemplos de emojis

Emoji (絵文字, lit. pictograma?) é uma palavra derivada da junção dos seguintes termos em japonês: e (絵, "imagem") + moji (文字, "letra"). Com origem no Japão, os emojis são ideogramas e smileys usados em mensagens eletrônicas e páginas web, cujo uso está se popularizando para além do país.[1] Eles existem em diversos gêneros, incluindo: expressões faciais, objetos, lugares, animais e tipos de clima.

Sua popularização se dá principalmente pela inclusão internacional em iPhones, que foi seguida pela adoção em sistemas Android, e por sua vez, nos demais sistemas operacionais.

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro emoji foi criado em 1998 ou 1999 no Japão por Shigetaka Kurita, que integrava a equipa da NTT DoCoMo responsável pelo desenvolvimento da i-mode, uma plataforma de Internet móvel. O primeiro conjunto de 172 emojis de12×12 píxeis foi criado como parte das funcionalidades de mensagens da i-mode para facilitar a comunicação eletrónica e funcionar como uma característica distintiva de outros serviços.[2]

No entanto, em 1997, Nicolas Loufrani[3] apercebeu-se da crescente utilização de emoticons de texto ASCII na tecnologia móvel e começou a fazer experiências com rostos smiley animados[4] com o objetivo de criar ícones coloridos que correspondessem aos emoticons ASCII já existentes, feitos com simples sinais de pontuação, aperfeiçoando-os para uma utilização mais interativa nas plataformas digitais. A partir destes, Loufrani criou os primeiros emoticons gráficos e compilou um Dicionário Emoticon online[5] que foi ordenado por categorias: clássicos, expressões de Estados de espírito, bandeiras, festividades, diversão, desportos, meteorologia, animais, comida, países, profissões, planetas, zodíaco e bebés. Esses ícones foram registados pela primeira vez em 1997 no The United States Copyright Office e foram publicados posteriormente como ficheiros .gif na Internet em 1998, tornado-se nos primeiros emoticons gráficos de sempre a serem utilizados nas plataformas tecnológicas.[6] Em 2000, o Diretório de Emoticons criado por Loufrani foi disponibilizado na Internet para os utilizadores poderem transferi-los para os telemóveis através do site smileydictionary.com que incluía mais de 1000 emoticons gráficos do smiley e as respetivas versões ASCII. Esse mesmo diretório foi depois publicado, em 2002, num livro da editora Marabout intitulado Dico Smileys.[7] Em 2001, a The Smiley Company começou a licenciar os direitos dos emoticons gráficos de Loufrani para utilização em transferências para telemóvel por várias empresas de telecomunicações, incluindo a Nokia, a Motorola, a Samsung, a SFR (Vodafone) e a Sky Telemedia.

O Oxford Dictionary nomeou "emoji" 😂 (Face With Tears of Joy) como "palavra do ano" em 2015[8]

Referências

  1. Raquel Freire (31 de julho de 2014). «Entenda a diferença entre smiley, emoticon e emoji». TechTudo 
  2. [1]
  3. http://www.lefigaro.fr/societes/2010/01/05/04015-20100105ARTFIG00704-smiley-ou-l-histoire-d-une-opa-sur-un-sourire-.php
  4. [2]
  5. Piercy, Joseph (25 de outubro de 2013). Symbols: A Universal Language. [S.l.]: Michael O'Mara Books. ISBN 9781782430735 
  6. [3]
  7. DICO SMILEYS (em French). Alleur (Belgique); [Paris]: MARABOUT. 7 de março de 2002. ISBN 9782501037532 
  8. «Oxford names 'emoji' 2015 Word of the Year». Oxford Dictionaries. 16 November 2015. Consultado em 16 November 2015  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Emoji