Emoji

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Exemplos de emojis

Emoji (絵文字, lit. pictograma?) é uma palavra derivada da junção dos seguintes termos em japonês: e (絵, "imagem") + moji (文字, "letra"). Com origem no Japão, os emojis são ideogramas e smileys usados em mensagens eletrônicas e páginas web, cujo uso está se popularizando para além do país.[1] Eles existem em diversos gêneros, incluindo: expressões faciais, objetos, lugares, animais e tipos de clima.

Sua popularização se dá principalmente pela inclusão internacional em iPhones, que foi seguida pela adoção em sistemas Android, e por sua vez, nos demais sistemas operacionais.

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro emoji foi criado em 1998 ou 1999 no Japão por Shigetaka Kurita, que integrava a equipa da NTT DoCoMo responsável pelo desenvolvimento da i-mode, uma plataforma de Internet móvel. O primeiro conjunto de 172 emojis de12×12 píxeis foi criado como parte das funcionalidades de mensagens da i-mode para facilitar a comunicação eletrónica e funcionar como uma característica distintiva de outros serviços.[2]

No entanto, em 1997, Nicolas Loufrani[3] apercebeu-se da crescente utilização de emoticons de texto ASCII na tecnologia móvel e começou a fazer experiências com rostos smiley animados[4] com o objetivo de criar ícones coloridos que correspondessem aos emoticons ASCII já existentes, feitos com simples sinais de pontuação, aperfeiçoando-os para uma utilização mais interativa nas plataformas digitais. A partir destes, Loufrani criou os primeiros emoticons gráficos e compilou um Dicionário Emoticon online[5] que foi ordenado por categorias: clássicos, expressões de Estados de espírito, bandeiras, festividades, diversão, desportos, meteorologia, animais, comida, países, profissões, planetas, zodíaco e bebés. Esses ícones foram registados pela primeira vez em 1997 no The United States Copyright Office e foram publicados posteriormente como ficheiros .gif na Internet em 1998, tornado-se nos primeiros emoticons gráficos de sempre a serem utilizados nas plataformas tecnológicas.[6] Em 2000, o Diretório de Emoticons criado por Loufrani foi disponibilizado na Internet para os utilizadores poderem transferi-los para os telemóveis através do site smileydictionary.com que incluía mais de 1000 emoticons gráficos do smiley e as respetivas versões ASCII. Esse mesmo diretório foi depois publicado, em 2002, num livro da editora Marabout intitulado Dico Smileys.[7] Em 2001, a The Smiley Company começou a licenciar os direitos dos emoticons gráficos de Loufrani para utilização em transferências para telemóvel por várias empresas de telecomunicações, incluindo a Nokia, a Motorola, a Samsung, a SFR (Vodafone) e a Sky Telemedia.

O Oxford Dictionary nomeou "emoji" 😂 (Face With Tears of Joy) como "palavra do ano" em 2015.[8]

Referências

  1. Raquel Freire (31 de julho de 2014). «Entenda a diferença entre smiley, emoticon e emoji». TechTudo 
  2. [1]
  3. http://www.lefigaro.fr/societes/2010/01/05/04015-20100105ARTFIG00704-smiley-ou-l-histoire-d-une-opa-sur-un-sourire-.php
  4. [2]
  5. Piercy, Joseph (25 de outubro de 2013). Symbols: A Universal Language. [S.l.]: Michael O'Mara Books. ISBN 9781782430735 
  6. [3]
  7. DICO SMILEYS (em French). Alleur (Belgique); [Paris]: MARABOUT. 7 de março de 2002. ISBN 9782501037532 
  8. «Oxford names 'emoji' 2015 Word of the Year». Oxford Dictionaries (em inglês). 16 de Novembro de 2015. Consultado em 28 de Junho de 2017 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Emoji