Enedino Batista Ribeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Enedino Batista Ribeiro
Nascimento 14 de maio de 1899
Morte 1989 (90 anos)
Cidadania Brasil
Ocupação jornalista

Enedino Batista Ribeiro (São Joaquim, 14 de maio de 1899Florianópolis, 10 de abril de 1989) foi um historiador e político brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de João Batista Ribeiro de Sousa e de Cândida dos Prazeres Batista de Sousa, formou-se farmacêutico no Rio de Janeiro. Voltando para a terra natal, ali ocupou uma secretaria municipal, em 1926.

Entre 1928 e 1947 foi tabelião de notas e escrivão dos feitos cíveis e comerciais da comarca.[1]

Torna-se, em 1951, suplente de deputado estadual, assumindo o cargo na segunda legislatura, eleito pela extinta União Democrática Nacional (UDN). Na década de 1950 exerceu várias funções públicas estaduais, até tornar-se, em 1959, oficial do Registro de Imóveis da capital catarinense, até o ano seguinte, quando se aposentou.[1]

Fundou a Faculdade de Farmácia e Bioquímica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ali sendo professor de farmacognosia. Foi casado com Lydia Palma Ribeiro.[1]

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • Gavião de Penacho: memórias de um serrano
  • São Joaquim: notícia estatístico-descritiva - Florianópolis : Departamento Estadual de Estatística, 1941.

Homenagens[editar | editar código-fonte]

O trecho da rodovia SC-438 - Rio Lavatudo/Divisa Lages rodovia estadual SC- recebeu o nome do historiador em 2002.[2]

Referências

  1. a b c Nercolini, Maria Batista (setembro de 1987). «Enedino Batista Ribeiro». Revista Blumenau. Ed.369. Blumenau. Consultado em 12 de maio de 2010 
  2. Alesc - Rodovia SC-438 passa a ser denominada Enedino Batista Ribeiro (20/06/2002) Acessado em 12/05/2010
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.