Erva-alheira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaAlliaria petiolata
'Alliaria petiolata
'Alliaria petiolata
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Brassicales
Família: Brassicaceae
Género: Alliaria
Espécie: A. petiolata
Nome binomial
Alliaria petiolata
Bieb.

A erva-alheira (Alliaria petiolata ou Lunaria biënnis) é uma planta herbácea bienal, glabra, da família das Brassicaceae, nativa da Europa, Ásia ocidental e central e noroeste África, do Marrocos, Iberia e Ilhas Britânicas , norte a norte Escandinávia.[1]

Tem folhas pecioladas, com forma triangular, grosseiramente dentadas e que libertam um cheiro forte a alho quando são esmagadas. No primeiro ano do seu ciclo de vida, aparece apenas como uma roseta de folhas prostradas, em forma de coração e com pecíolos longos. A roseta mantém-se verde durante o inverno e, no ano seguinte (na Primavera), desenvolvem-se em plantas maduras, com caules erectos e folhosos, capazes de florescer. As flores, brancas e dispostas em corimbos que se vão alongando à medida que as mais antigas murcham, têm quatro pétalas dispostas em cruz na extremidade dos caules. Os frutos são síliquas alongadas (quadrangulares em secção transversal) e com pedúnculos curtos e oblíquos em relação ao caule. Cresce frequentemente nas beiras dos caminhos e em locais sombrios.

É semelhante à erva-fome (Cardaria draba).

Referências

  1. «Flora Europaea». Royal Botanic Garden Edinburgh 
Ícone de esboço Este artigo sobre rosídeas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.