Escola Moderna nº1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Escola Moderna nº1 foi uma escola fundada em 13 de maio de 1912 no bairro de Belenzinho[1] (cidade de São Paulo) por João Penteado.[2] Era baseada na pedagogia racionalista de Francisco Ferrer.[1] Foi fechada pelo governo em 1919, acusada de propagar os ideais anarquistas.[2]

Tinha aulas noturnas e diurnas, com base na moral racionalista-científica.[3] Sua mensalidade era de 4$000 para os cursos primários ou médios, e de 5$000 para o curso avançado.[3]

Currículo[3][editar | editar código-fonte]

  • Curso Primário: Português, Aritmética, Caligrafia e Desenho;
  • Curso Médio: Gramática, Aritmética, Geografia, Princípios Econômicos, Caligrafia e Desenho;
  • Curso Adiantado: Gramática, Aritmética, Geografia, Noções de ciências Físicas e Naturais, História, Geometria, Caligrafia, Desenho e Datilografia.

Referências