Diferenças entre edições de "Escorrência superficial"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
26 bytes adicionados ,  23h55min de 21 de fevereiro de 2017
m
O texto deve estar padronizado, iniciando a frase pelo título. Nada acrescenta virar a frase ao contrário.
(Desfeita a edição 48068569 de Angrense deixar em negrito os títulos)
m (O texto deve estar padronizado, iniciando a frase pelo título. Nada acrescenta virar a frase ao contrário.)
{{Poluição}}
 
Em [[hidrologia]], '''escorrênciaEscorrência superficial''' ou '''escoamento superficial''' é a terminologia usada em [[hidrologia]] que define o fluxo de [[água]] que ocorre na superfície do [[solo]] quando este se encontra saturado de [[humidade]]. Um dos estudos da hidrologia ocorre a respeito do escoamento, por meio do aproveitamento da água superficial que é acumulada, e também por propor medidas que evitem possíveis danos provocados pelo seu deslocamento.
 
Quando a chuva atinge a superfície terrestre parte da água se infiltra no solo e a quantidade de excedente escoa na superfície. A quantidade de água que escoa depende de alguns fatores, como a intensidade da chuva e a capacidade de i[[Infiltração|nfiltração]] do solo. Normalmente se considera como o escoamento superficial a precipitação menos a evaporação real e a infiltração no solo. Segundo a teoria de Horton, se forma quando o acúmulo de água, supera a capacidade de absorvência do solo.<ref>{{citar livro|titulo=Introdução à qualidade das águas e ao tratamento de esgoto|ultimo=Von Sperling|primeiro=Marcos|editora=: Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental; Universidade Federal de Minas Gerais;|ano=2005|local=Belo Horizonte|paginas=|acessodata=}}</ref>

Menu de navegação