Saltar para o conteúdo

Talbot-Lago: diferenças entre revisões

35 bytes removidos ,  13 de outubro de 2021
sem resumo de edição
O dinheiro acabou e Anthony Lago foi obrigado a buscar a proteção judicial de seus credores, por meio de um procedimento conhecido na época como [[: fr: Cessation de paiements en France | ”Dépôt de bilan”]]. Em 6 de março de 1951, o tribunal concordou com uma moratória da dívida que permitia um reinício limitado da produção na fábrica da empresa em Suresnes, mas o caso forneceu publicidade indesejável para os problemas de fluxo de caixa de Talbot, e a empresa agora enfrentava cada vez mais dificuldade em obter crédito. A produção também foi limitada pela medida em que foi necessário cortar a força de trabalho e pelos danos à reputação causados ​​por relatórios de todo o processo.
 
O negócio cambaleou até 1959, mas nunca teve força financeira para apoiar o desenvolvimento e produção do seu último modelo, o Talbot-Lago 2500 Coupé T14 LS, lançado após uma longa gestação em maio de 1955. Em 1958, Lago decidiu lançar no esponja e coloque o negócio à venda. Uma oferta foi recebida de [[Henri Pigozzi]] sob os termos da qual os restos da empresa Talbot se tornariam parte da [[Simca]]. Para evitar a falência, Lago concordou em vender o negócio nos termos propostos pelo diretor-presidente do Simca, um colega italiano expatriado. Talbot-Lago foi transferido para Simca em 1959. Apesar do péssimo estado dos negócios da Talbot durante os dez anos anteriores, os comentaristas sugerem que Pigozzi fez um bom negócio, recebendo em Suresnes um local industrial e edifícios valiosos vezes o valor pago, junto com um nome de marca que ainda ressoou fortemente em qualquer pessoa com idade suficiente para lembrar os dias de glória de Talbot.
 
Tony Lago morreu em 1960.
 
== Hoje ==
Talbot-Lagos tornou-se um carro premiado em vários leilões. Um T150C SS Teardrop Coupe com corpo Figoni et Falaschi, de propriedade da Brooks Stevens, seria vendido por US $ 3.535.000 no leilão Christie's Pebble Beach Concours d'Elegance em 18 de agosto de 2005, [20] outro por US $ 3.905.000 no Palm Beach International Concours d 'Elegance Gooding & Company leilão em 22 de janeiro de 2006, onde foi unanimemente votado "Best in Show", [21] [22] [23] e outro por US $ 4.620.000 no Pebble Beach Concours d'Elegance RM Auctions Sports & Classics of Leilão de Monterey em 14 de agosto de 2010. [24] [25] [26] Um T150 C SS com uma carroceria Pourtout Aerocoupé, projetado por Georges Paulin, foi vendido por US $ 4.847.000 na Bonhams & Butterfields Sale of Exceptional Motorcars and Automobilia de 2008 em Quail Lodge. [27]
 
Um T26 Grand Sport 1948 não restaurado, com carroceria de Oblin e chassi # 110106, faz parte da coleção permanente do Simeone Foundation Automotive Museum na Filadélfia, PA, EUA. [10]
551

edições