Espectroscopia de saturação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Espectroscopia de saturação é um técnica de espectroscopia de laser que possibilita a observação das transições hiperfinas de um átomo com grande precisão. Ela foi desenvolvida por Javan, Arthur Schawlow e Willis Eugene Lamb.[1]

Quando uma luz monocromática irradia sobre um átomo, o espectro do mesmo é alargado pelo efeito Doppler. As transições hiperfinas são então mascaradas à temperatura ambiente. Esse efeito é chamado alargamento Doppler e a espectroscopia de saturação é uma forma de contorná-lo sem a necessidade de resfriar a amostra.

Referências

  1. The Era of Modern Spectroscopy (3 de junho de 2012).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.