Essa Entente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Essa Entente
Informação geral
País  Portugal
Gênero(s) pop-rock
Período em atividade 1984 - Actualidade
Integrantes Paulo Riço (voz e guitarra acústica),
Paulo Sousa (Guitarra elétrica),
Paulo Neto (bateria),
Jorge Pamplona (baixo),
Rui Sá (acordeão e teclados)

Essa Entente é uma banda portuguesa de pop / rock formada por Paulo Riço (voz e guitarra acústica), Paulo Sousa (guitarra elétrica) e Paulo Neto (bateria), aos quais se juntaram o baixista Jorge Pamplona, ex. Toranja, e o acordeonista e teclista Rui Sá ex. Oquestrada e ex. Valdez e as Piranhas Douradas.[1][2]

No seu primeiro período de actividade entre 1984 e 1994, contaram então com o baixista Paulo Salgado e com o acordeonista Manuel Machado.[2]

A banda deu concertos por todo o país, tornando-se mais conhecida. Participou na segunda e terceira edição dos concursos de música moderna, organizados pelo Rock Rendez-Vous, tendo ficado em segundo lugar no terceiro concurso.[1]

No ano de 1986, gravam o tema La Féria para a colectânea "Divergências" um LP duplo que foi a primeira edição da editora Ama Romanta, que apostava em dar a conhecer novas bandas de música moderna portuguesa, sem edições discográficas.[2]

No ano de 1988, tocam no concerto Sons do Parque, ao lado de nomes consagrados, como GNR e Xutos & Pontapés, o que lhes valeu o seu primeiro contracto com a PolyGram, tendo o álbum saído em 1989, e sido produzido por Manuel Faria (Trovante), tendo como tema mais conhecido "Dança Nua".[1]

Esteve ainda para ser editado um segundo álbum da banda, mas que acabou por não se concretizar. Em 1994 participaram na compilação Filhos da Madrugada, com o tema "Senhor Arcanjo", álbum que continha versões de músicas de Zeca Afonso,[1] tocados pelas melhores bandas de música portuguesa na época. Os Essa Entente realizam o seu último concerto a 30 de Junho desse ano no Estádio José Alvalade, juntamente com as restantes bandas que participaram nesta compilação, perante uma plateia de milhares de pessoas, após o qual a banda anunciou a sua dissolução. [3]

Em 2012 voltaram a reunir-se e marcam o seu regresso com o concerto no Bar Musicbox no Cais do Sodré, no dia 1 de Fevereiro de 2013.

Discografia[2][editar | editar código-fonte]

  • 1989 - Essa Entente (LP, Polygram); mais tarde em CD
  • 1989 - Dança Nua/Pets-de-Loup (Single, Polygram)

Colectâneas

  • 1986 - Divergências - La Féria
  • 1986 - Música Moderna Portuguesa Volume 2 - Festa Final
  • 1986 - Festa da Cerveja, na Cervejaria Real Lusitana - O Que Quero É Mais Um Copo!
  • 1994 - Filhos da Madrugada - Senhor Arcanjo

Referências

  1. a b c d «Essa Entente». Revista Bltz. Consultado em 24 de Março de 2014 
  2. a b c d «Essa Entente». Anos 80 no Sapo. Consultado em 24 de Março de 2014 
  3. «Various ‎– Filhos Da Madrugada Cantam José Afonso (CD)». Discogs. Consultado em 21 de abril de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]