Rock Rendez-Vous

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Rock Rendez-Vous (também conhecido por RRV) foi um dos mais conhecidos clubes, de Lisboa, Portugal durante a década de 1980 e inícios de 90, do século XX.

História[editar | editar código-fonte]

O RRV foi considerado um dos mais importantes espaços da música Rock em Portugal durante os anos 1980, sendo hoje recordado como um lugar mítico do Rock em Portugal.[1] Localizava-se no antigo cinema Universal, na Rua da Beneficência, 175, em Lisboa. A abertura, deu-se a 18 de dezembro de 1980, com um concerto do "Pai do Rock Portugues", Rui Veloso. Foi encerrado em 1983, mas logo a seguir, foi feita uma petição para reabrir o clube, obtendo o efeito pretendido. Encerrou definitivamente a 27 de Julho de 1990 e foi demolido.

O RRV foi um centro de divulgação da música pop rock e rock alternativo, promoveu concertos de muitos nomes grandes da música portuguesa tais como, Xutos & Pontapés, Go Graal Blues Band, Aqui d'el-Rock, UHF, IODO, Jafumega, GNR, Heróis do Mar, Delfins, Táxi, Radar Kadafi, ZEM, Quinta do Bill, Mler Ife Dada, URB, Ban e More Republica Masónica, entre outros.

A nível internacional, divulgou grandes bandas da música anglo-saxónica tais como, Teardrop Explodes, Killing Joke, Echo & the Bunnymen, The Chameleons, Danse Society, The Raincoats, The Sound ou The Lords of the New Church.

Em 1984, o RRV promoveu o 1º Concurso de Música Moderna,[2] que atingiu grande sucesso no circuito musical Português e que durante anos serviram de montra ao que de mais inovador era efectuado pelos jovens músicos portugueses. Teve 6 edições (de 1984 a 1989) e uma 7ª edição (em 1994), realizada no cinema Condes, com o apoio da RTP.

Concurso de Música Moderna[editar | editar código-fonte]

O 1º Concurso de Música Moderna, organizado pelo RRV, aconteceu em 1984, numa altura em que os grupos portugueses não conseguiam grande aceitação no mercado discográfico. A única exigência era que os grupos participantes não tivessem qualquer gravação comercial, pretendendo-se assim revelar novas bandas.

  • Os vencedores do 1ª concurso foram os Mler Ife Dada. Nos lugares seguintes ficaram os Culto da Ira e Croix Sainte.
  • Os THC venceram o 2º concurso. Nos lugares seguintes ficaram URB, Projecto Azul, Prece Oposto, Radar Kadafi e Linha Geral. Os Pop Dell'Arte foram os vencedores do Prémio de Originalidade.
  • Os Rongwrong foram os vencedores do 3º concurso. Os outros finalistas foram os Essa Entente, Seres, Dínamo Ibérica, Aix La Chapelle e D'Age. O prémio Originalidade foi atribuído aos Mão Morta.
  • Os Requiem Pelos Vivos venceram o 4º concurso. Morituri e Tranz It ficaram nos lugares seguintes. O prémio da Originalidade foi para os Melleril de Nembutal.
  • No 5º concurso chegaram à final os grupos Easy Gents (que depois mudariam de nome para Ritual Tejo), Sitiados e Agora Colora. Foi editada uma colectânea com as 8 bandas presentes nas meias finais. O patrocinador deste 5º concurso comprometeu-se a comprar 10 mil exemplares da colectânea fazendo com que o disco à saída já fosse disco de prata.
  • Em 1989, os Lobo Meigo venceram o 6º concurso. Nos lugares seguintes ficaram os Clandestinos e Flávio Com F De Folha.
  • Em 1994, foi realizado o sétimo (e último) concurso do Rock Rendez-Vous, organizado pela RTP. Os Drowning Men (que depois mudariam de nome para Geração X e mais tarde em 2010 com admissão de novos elementos, alteraram o nome para Os Vultos), foram os vencedores, ficando nos postos seguintes os Jardim Letal (ex-Swallow Rage) e os Neura. Os três grupos finalistas tiveram como prémio a gravação de um CD de oito temas cada para a Dansa do Som. Os Ornatos Violeta venceram o prémio de originalidade.

Dansa do Som[editar | editar código-fonte]

A Editora Dansa do Som[3], foi criada depois do 1º Concurso de Música Moderna.

Com o encerramento do RRV, a Dansa do Som desistiu dos concursos por falta de espaço apropriado à sua realização. Embora os responsáveis ainda estivessem ligados ao concurso "Aqui d'El Rock", transmitido pela RTP. Em 1994, a Dansa do Som retomou a organização dos Concursos de Música Moderna que serviu de comemoração do 10º aniversário dos mesmos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Rock Rendez Vous no Sapo». Consultado em 18 de junho de 2007. Arquivado do original em 10 de junho de 2007 
  2. «Concurso de Música Moderna». Consultado em 25 de agosto de 2008. Arquivado do original em 21 de setembro de 2008 
  3. «História da Dansa do Som». Consultado em 27 de agosto de 2008. Arquivado do original em 1 de janeiro de 2009