Essam El-Hadary

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Essam El-Hadary
عصام الحضري
Essam El-Hadary عصام الحضري
El-Hadary na Copa do Mundo de 2018
Informações pessoais
Nome completo Essam Kamal Tawfik El-Hadary
Data de nasc. 15 de janeiro de 1973 (49 anos)
Local de nasc. Damieta, Egito
Altura 1.90 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Número 1
Posição Goleiro
Clubes de juventude
1991–1993 Damietta
Clubes profissionais
Anos Clubes
1993–1996
1996–2008
2008–2009
2009–2010
2010–2011
2011–2013
2012
2013–2014
2014–2015
2015–2017
2017–2018
2018–
Damietta
Al-Ahly
Sion
Ismaily
Zamalek
Al-Merreikh
Al-Ittihad (emp.)
Wadi Degla
Ismaily
Wadi Degla
Al-Taawoun
Nogoom FC
Seleção nacional
1996–2018 Egito

Essam Kamal Tawfik El-Hadary (árabe: عصام الدين كمال توفيق الحضري‎) (Damieta, 15 de janeiro de 1973) é um ex futebolista egípcio que atuou como goleiro. Seu último clube foi o Nogoom FC.

Em 2018, com 45 anos e 5 meses, ele se tornou o jogador mais velho a ser convocado para uma Copa do Mundo de Futebol[1]. Ele entrou em campo na terceira partida de sua Seleçao na Copa. À época, ele tinha 45 anos e 161 dias, sendo o jogador mais velho a disputar uma Copa do Mundo. Como ele defendeu uma cobrança de pênalti nesta partida, ele também se tornou o jogador mais velho a defender uma cobrança de pênalti em uma Copa do Mundo,[2] sendo também o capitão e o jogador que jogou os dois tempos mais velho.

Carreira[editar | editar código-fonte]

El-Hadary representou o elenco da Seleção Egípcia de Futebol no Campeonato Africano das Nações de 2017, com 44 anos.[3]

Apesar de ser goleiro, marcou 2 gols em sua carreira. O primeiro aconteceu em 2002, quando defendia o Al-Ahly, de uma maneira inusitada. Durante a disputa da Supercopa Africana, contra o Kaizer Chiefs, ele cobrou uma falta do campo de defesa. A bola ainda bateu na trave, antes de tocar no goleiro sul-africano e entrar. Por mais que devesse assinalar o gol contra, o árbitro deu a honra ao arqueiro. O segundo aconteceu em 2017, numa cobrança de penalti. O pênalti saiu nos acréscimos do segundo tempo, quando seu time já vencia o Al Ittifaq por três gols de diferença.[4]

No dia 25 de junho de 2018, no jogo contra a Arábia Saudita, com 45 anos e 161 dias, ele se tornando o atleta mais velho a disputar um jogo de Copa do Mundo, tendo defendido uma cobrança de pênalti e sofrido um gol também de pênalti. O recorde antes pertencia a Faryd Mondragón, da Colômbia, em 2014, que entrou em campo com 43 anos e 3 dias de idade[2].

Títulos[editar | editar código-fonte]

Copa das Nações Africanas
Campeonato Egípcio de Futebol
  • Campeão em 1997, 1998, 1999, 2000, 2005, 2006 e 2007
Copa do Egito de Futebol
  • Vencedor em 2001, 2003, 2006 e 2007
Supercopa do Egito
  • Vencedor em 2003, 2005 e 2006
Liga dos Campeões da CAF
  • Vencedor em 2001, 2005 e 2006
Supercopa da CAF
  • Vencedor em 2002, 2006 e 2007
Copa da Suíça
  • Vencedor em 2009

Referências

  1. sportv.globo.com/ Médias de idade, City com mais convocados... veja as curiosidades da Copa
  2. a b espn.com.br/ A Copa dos recordes: veja 7 marcas quebradas até agora no Mundial da Rússia
  3. «Elenco EGI'17». Consultado em 20 de janeiro de 2017 [ligação inativa]
  4. trivela.uol.com.br/ El-Hadary, uma lenda: Aos 44 anos, goleiro egípcio começou a cobrar pênaltis

Ligações externas[editar | editar código-fonte]