Estêvão II de Blois

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas de mesmo nome, veja Estêvão II.
Estêvão II
Conde de Blois e Chartres
Reinado 1089 a 19 de maio de 1102
Antecessor(a) Teobaldo III
Sucessor(a) Guilherme
 
Esposa Adela da Normandia
Descendência Guilherme, Conde de Blois
Teobaldo IV, Conde de Blois
Estêvão da Inglaterra
Lúcia de Blois
Agnes de Blois
Leonor de Blois
Alice de Blois
Adelaide de Blois
Henrique, Bispo de Winchester
Casa Real Blois
Nome completo
Estêvão Henrique
Nascimento c. 1045
Morte 19 de maio de 1102 (57 anos)
Ramla, Califado Fatímida
Pai Teobaldo III, Conde de Blois
Mãe Gersenda do Maine

Estêvão II (c. 104519 de maio de 1102) foi o Conde de Blois e Chartres de 1089 até sua morte. Era filho do conde Teobaldo III e sua esposa Gersenda do Maine.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Herdou o Condado de Blois do seu pai em 1089 e foi como titular do condado que partiu como um dos líderes da Primeira Cruzada que partiu para a Terra Santa em 1096 e registou os acontecimentos em tom entusiástico na abundante correspondência que trocou com Adela da Normandia, sua esposa sobre as evolução da guerra.

Estêvão II era o chefe do conselho militar cruzado, no Cerco de Niceia, em 1097.[1]

Em 1098 foi obrigado a regressar à Europa por motivos de saúde depois do cerco de Antioquia. O seu voto de cruzado, que incluía a conquista de Jerusalém, não foi cumprido e, em 1101, Estêvão viajou de novo para o Oriente, pressionado pela esposa, para fazer uma segunda peregrinação, juntando-se assim à cruzada de 1101, na companhia de outros que também tinham voltado para casa prematuramente.

Em 1102, Estêvão foi morto na Segunda Batalha de Ramla, durante o Cerco de Ascalão, tendo 57 anos de idade.[2]

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Teobaldo III de Blois [3]) que foi conde de Blois, Meaux e Troyes.[4], e de Garsinde de Maine. Casou em 1080 com Adela da Normandia, uma das filhas de Guilherme I de Inglaterra "o Conquistador", rei de Inglaterra e de Matilde da Flandres, de quem teve:

  1. Guilherme de Sully (1082 - 1150) casou com Inês de Sully.
  2. Eleonora de Blois, que se casou com Raul I de Vermandois (108514 de outubro de 1152).
  3. Teobaldo IV de Blois,[5] conde de Blois (1085 -?) casou com Matilde da Caríntia (1090 -?), filha de Engelberto II de Sponheim, duque da Caríntia.
  4. Estêvão de Inglaterra, rei de Inglaterra, (1096 -?) casado com Matilde I de Bolonha (1110 - 3 de maio de 1151).
  5. Henrique de Blois, Bispo de Winchester.
  6. Alice de Blois (1100 -?)
  7. Eudes de Blois, morreu novo.
  8. Humberto de Blois .

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Davis, RHC Stephen King 1135-1154 Terceira edição London: Longman 1990 ISBN 0-582-04000-0

Referências

  1. Cartier, Étienne (1846) Recherches sur les monnaies au type chartrain frappées à Chartres, Blois, Vendoîns, Chateaudum, Nogent-le-Rotrou (Ferche), St. Aignan, Celles, Romorantin, Brosse, etc. Rollin, Paris, page 7, OCLC 27374228, in French
  2. Tyerman, Christopher, God's war: a new history of the Crusades, (Harvard University Press, 2006), 87.
  3. (em inglês) Biografía en Medieval Lands Foundation for Medieval Genealogy Consultado em 24 de junho de 2011
  4. Sa généalogie sur le site Medieval Lands
  5. Sa généalogie sur le site FMG
Precedido por:
Teobaldo III
Conde de Blois
1089 - 1102
Sucedido por:
Guilherme, o Simples