Estrada de Ferro Macaé e Campos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Estrada de Ferro Macaé e Campos foi uma ferrovia que operou no norte do estado do Rio de Janeiro, no Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

Foi criada pela Lei n° 1.464 de 19 de novembro de 1869, e para construí-la e explorá-la foi fundada a "Companhia Estrada de Ferro Macaé e Campos".

Em 3 de fevereiro de 1870, recebeu uma concessão com privilégio de 50 anos para a navegação a vapor entre o porto do Rio de Janeiro e o de Imbetiba, em Macaé. Este último, à época, constituía-se no quinto porto em volume de movimentação no país, atendendo a circulação de exportação e importação de mercadorias de e para o interior da região norte fluminente pelo canal Campos-Macaé.

O primeiro trecho da ferrovia, com 33 quilómetros de extensão, entre Imbetiba e Carapebus (passando por Macaé) e bitola de 0,95 metros, foi inaugurado em 10 de agosto de 1874. A 13 de junho de 1875 foi inaugurado o trecho até Campos dos Goytacazes, totalizando 96,5 quilómetros de extensão.

A inauguração da ferrovia, de maior rapidez e menor custo de operação, conduziu ao rápido declínio da importância do canal Campos-Macaé, que entrou em decadência.

Absorveu a Companhia Ferro-Carril Niteroiense, que operava o trecho Niterói-Rio Bonito da chamada "Ferrovia do Litoral". Em Novembro de 1888 adquiriu a Estrada de Ferro Santo Antônio de Pádua.

A ferrovia foi adquirida, ao final da década de 1880, pela Estrada de Ferro Leopoldina.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde fevereiro de 2012).

Notas

  1. Dr. F. Pereira Passos - O Grande Remodelador Da Cidade Morreu, Em Viagem A Bordo Do Araguaia. A Notícia, 3 de março de 1913.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.