Evgeny Kissin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Evgeny Kissin
Nascimento 10 de outubro de 1971 (48 anos)
Moscou
Cidadania Rússia, Reino Unido, Israel
Ocupação pianista
Prêmios Ordem do Distintivo de Honra, Prêmio de Música Herbert von Karajan, doutor honoris causa da Universidade de Hong Kong
Página oficial
https://www.kissin.org
Evgeny Kissin (2009)

Evgeny Kissin (Moscou, 10 de outubro de 1971) é um pianista russo. É cidadão britânico desde 2002[1] e cidadão israelense desde 2013.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro contato com o teclado de um piano deu-se quando tinha dois anos de idade. Sua mãe ensinou-lhe as primeiras lições.Quando completou 6 anos,ingressou na Gnessin School of Music, em Moscou, onde foi aluno de Anna Pavlovna Kantor.

Sua primeira apresentação pública deu-se quando tinha 10 anos, quando foi o solista em uma performance de um concerto de Mozart. Aos 11 anos, apresentou seu primeiro recital solo. Em 1984, com apenas 12 anos, tocou os concertos 1 e 2 de Chopin, perante uma grande audiência, no Conservatório de Moscou.

Em 1988 apresenta-se no Festival de Salzburgo. No mesmo ano, a gravação de sua performance como solista do Concerto n.º 1 de Tchaikovsky, com a Orquestra Filarmônica de Berlim, sob a regência de Herbert von Karajan, é transmitida ao vivo pela televisão. Seu primeiro recital em Nova Iorque deu-se no Carnegie Hall, em 1990.

Em 1995 é nomeado "Instrumentista do Ano" pela revista Musical America. Em 1996, na Rússia, recebe o prêmio "Triunfo pela Excelência". Em 1997, torna-se o primeiro pianista a apresentar um recital solo [3]

no BBC Proms (Promenade Concerts), em Londres.

Sua vasta discografia inclui composições de Chopin, Rachmaninov, Robert Schumann, Franz Schubert, Brahms, Haydn, Mozart, Beethoven, Liszt, Scriabin, Tchaikovsky, Mussorgsky, Franck, Medtner, Prokofiev, Shostakovich e Stravinsky.


Referências

  1. «Pianist Kissin protests against BBC anti-Israel bias». Thejc.com. Consultado em 30 de outubro de 2017 
  2. «I do not want to be spared of the troubles which Israeli musicians encounter». Tomgrossmedia.com. Consultado em 30 de outubro de 2017 
  3. Jean-Pierre Thiollet, 88 notes pour piano solo, "Solo nec plus ultra", Neva Editions, 2015, p.50. ISBN 978 2 3505 5192 0.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]