Fabio Besta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Fabio Besta
Nascimento 17 de janeiro de 1845
Lombardia, Itália
Morte 3 de outubro de 1922 (77 anos)
Tresivio
Nacionalidade Italiano
Ocupação Economista

Fabio Besta foi um contabilista, nascido em Teglio de Valtellina, Lombardia, Itália, em 17 de janeiro de 1845, e falecido em Tresivio, Itália, em 3 de Outubro de 1922. Graduou-se contador em 1868 pelo Instituto Técnico Comercial de Sondrio. Em 1872, começou a lecionar na Escola Superior de Comércio de Veneza, localizada na Ca' Foscari.

Sua principal contribuição à história da contabilidade é a criação da Escola Controlista, através de sua obra La Ragioneria[1], que defendia que o principal objetivo da contabilidade era o controle dos fatos econômicos[2].

Pôde-se citar alguns benefícios da Escola Controlista ou Veneziana para a contabilidade, tais como: A distinção entra a contabilidade geral (entidades privadas) e a contabilidade aplicada (entidades publicas); A criação jurídica dos Livros Fiscais; e a Personificação do Patrimônio Líquido.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. COSTA, José Manoel da. Contabilidade básica. São Paulo: Pearson, 2009. p.6
  2. SANTOS, J. L. e SCHMIDT, P. História do pensamento contábil. São Paulo: Atlas, 2006. p.64-65


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.