Febre de Mayaro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
É transmitido por mosquitos da Amazônia.

Febre de Mayaro ou poliartrite epidêmica é uma virose transmitida por mosquitos Haemogogus encontrados na Amazônia. A infecção pelo vírus de Mayaro(MAYV) causa uma febre com dores musculares e articulares similar a dengue que dura de 3 a 5 dias e melhora mesmo sem tratamento. O vírus causador é da família Togaviridae e gênero Alphavirus. Por ser muito similar a outras viroses e melhorar sem tratamento raramente é diagnosticado. Mas quem apresenta sintomas, o diagnostico clínico é muito difícil, por ser muito semelhante a outras viroses; não há tratamento, somente tratamento para aliviar os sintomas; também não há vacinas. É mais comum em comunidades rurais e indígenas.[1]

O período de incubação (tempo entre a picada do mosquito e o aparecimento dos sintomas) do vírus é de 3 a 11 dias. Provavelmente também infecta outros primatas. Exige nível de biosseguridade 2. Não há casos de transmissão entre humanos. A transmissão ocorre durante a picada do mosquito Aedes aegypti e Aedes albopicutus infectado.

Recentemente, na cidade de Cuiabá MT, foi identificado a presença de Aedes aegypti e Culex quinquefasciatus infectados com o vírus Mayaro.

A prevenção é a mesma para a Dengue, Chikungunya, Zika e Febre amarela, ou seja, controle vetorial, eliminando os criadouros do mosquito.

Referências

  1. AZEVEDO S. S. A. R. et al. Mayaro Fever Virus, Brazilian Amazon. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2857233/
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Serra et al., 2016. Mayaro virus and dengue virus 1 and 4 natural infection in culicids from Cuiabá, state of Mato Grosso, Brazil. Mem Inst Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, Vol. 111(1): 20-29,