Figaro qua, Figaro là

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, cine e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Figaro qua, Figaro là
Totó - Barbeiro em Sevilha[1] (BR)
 Itália
1950 •  pb •  87 min 
Realização Carlo Ludovico Bragaglia
Argumento Agenore Incrocci
Marcello Marchesi
Elenco Totò
Isa Barzizza,
Género comédia
Idioma italiano (idioma)
Página no IMDb (em inglês)

Figaro qua, Figaro là (br Totó - Barbeiro em Sevilha) é um filme italiano de 1950, do gênero comédia, dirigido por Carlo Ludovico Bragaglia.[2]


Sinopse[editar | editar código-fonte]

Figaro é um barbeiro de Sevilha que é multado por abrir a loja ao domingo. Um amigo seu, o conde de Almaviva, propõe-se pagar a multa se Figaro o ajudar a casar com Rosina, a filha do governador. Como o governador não concorda com o casamento, Figaro organiza uma festa e, através de um estratagema, consegue que os dois se casem. Figaro é perseguido pelas tropas do governador e acaba preso e condenado à morte.

Elenco[editar | editar código-fonte]


Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme do cinema italiano é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.