Fleuma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Microfoto da fleuma da rinite com bolhas gasosas.

A fleuma ou flegma ou ainda fleugma é um muco secretado pelas membranas mucosas de humanos e outros animais. Sua definição é limitada aos mucos produzidos pelo sistema respiratório, excluindo as “cacas de nariz” e o fluído da tosse. [1][2] Sua composição varia, dependendo do clima, da genética, e do estado do sistema imunológico, mas é basicamente um gel d’água consistindo de glicoproteínas, leucócitos, lipídeos. A fleuma pode ter muitas cores.

Modo de agir da pessoa apática, calma, indolente, indiferente; mansidão: manteve a fleuma diante dos problemas. [Figurado] Característica, natureza, modo de agir de quem não demonstra sentimentos, emoções; qualidade de quem não se perturba; frieza. Humor ou líquido secretado pelo corpo; um dos quatro humores naturais, de acordo com a antiga medicina.

Doenças relativas à fleugma[editar | editar código-fonte]

A fleugma pode ser infectada por diferentes bactérias. A fleuma pode estar associada a doenças sérias (como tuberculose e câncer pulmonar), ou de menor gravidade (como bronquite).

Humorismo[editar | editar código-fonte]

Segundo a teoria dos humores, as pessoas de fleuma são pessoas estoicas, inabaláveis. Por vezes essa palavra é interpretada como pessoas pedantes ou arrogantes.

Referências

  1. Goswami, Amit. Médico Quântico, O. [S.l.]: Editora Cultrix. p. 126. 288 páginas. ISBN 9788531609411 
  2. Hon, Sat Chuen (160). Qigong Taoísta Para Saúde E Vitalidade. [S.l.]: Editora Pensamento. p. 131. 160 páginas. ISBN 9788531514357