Forte da Baía de São Lourenço

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Forte de São Lourenço, veja Forte de São Lourenço (desambiguação).
Forte da baía de São Lourenço: panorâmica.
Forte da baía de São Lourenço: vestígios.

O Forte da Baía de São Lourenço localizava-se no lugar de São Lourenço, na freguesia de Santa Bárbara, concelho da Vila do Porto, na ilha de Santa Maria, nos Açores.

Em posição dominante sobre o extremo norte da baía de São Lourenço, no litoral este da ilha, constituiu-se em uma bateria destinada à defesa deste ancoradouro contra os ataques de piratas e corsários, outrora frequentes nesta região do oceano Atlântico.

História[editar | editar código-fonte]

A baía de São Lourenço serviu, até à época dos antigos paquetes, como porto alternativo de abrigo ao de Vila do Porto.

FIGUEIREDO (1960) assim refere o local e a sua fortificação em 1815: "San Lourenço tem tres cazaes de moradores, neste sítio está a ponta que já se disse chamada do Pe. Manoel de Sousa, um castello com duas peças [de artilharia], vigia em dois logares. (...)"[1]

Mais adiante esclarece: "(...) a Bahia de S. Lourenço (...), tendo duas Ermidas, cazas para recreio, um castello e duas vigias e duas peças."[2] E finaliza: "- Forte sito em S. Lourenço ao Nordeste tem duas peças com vigia."[3]

A "Relação" do marechal de campo Barão de Bastos em 1862 informa que se encontrava demolido.[4]

FERREIRA (1997) recorda:

"Um pouco para o norte do porto de São Lourenço, existem umas ruínas que alguns afirmavam, há anos, serem os restos de um fortim.
(...) Das pessoas com que contactei, nenhuma confirmou esse boato, pois as referidas ruínas nem paredes laterais já possuem que pudessem constituir um testemunho inquestionável.
Fica, pois e apenas, a chamada de atenção."[5]

Em nossos dias restam apenas vestígios das suas muralhas.

Referências

  1. FIGUEIREDO, 1960:213.
  2. FIGUEIREDO, 1960:221.
  3. FIGUEIREDO, 1960:233.
  4. BASTOS, 1997:269.
  5. Op. cit., p. 67.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BASTOS, Barão de. "Relação dos fortes, Castellos e outros pontos fortificados que se achão ao prezente inteiramente abandonados, e que nenhuma utilidade tem para a defeza do Pais, com declaração d'aquelles que se podem desde ja desprezar." in Boletim do Instituto Histórico da Ilha Terceira, vol. LV, 1997. p. 267-271.
  • FERREIRA, Adriano. São Lourenço: um recanto de sonho. Ponta Delgada (Açores): Círculo de Amigos de São Lourenço, 1997. 112p. fotos.
  • FIGUEIREDO, José Carlos de. "Descripção da Ilha de Sancta Maria por José Carlos de Figueiredo, Tenente Coronel d'Engenheiros, que em 1815 ali foi em Comissão". in revista Insulana, vol. XVI (2º semestre), 1960. p. 205-225.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]