Santa Bárbara (Vila do Porto)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Santa Bárbara (desambiguação).
 Portugal Santa Bárbara  
—  Freguesia  —
Santa Bárbara: vista panorâmica
Santa Bárbara: vista panorâmica
Brasão de armas de Santa Bárbara
Brasão de armas
Localização no concelho de Vila do Porto
Localização no concelho de Vila do Porto
Santa Bárbara está localizado em: Açores
Santa Bárbara
Localização de Santa Bárbara nos Açores
Coordenadas 36° 58' 45" N 25° 3' 58" O
País  Portugal
Região Flag of the Azores.svg Açores
Concelho VPT1.png Vila do Porto
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente André Bairos Moura (PS)
Área
 - Total 15,42 km²
População (2011)
 - Total 405
    • Densidade 26,3 hab./km²
Código postal 9580
Orago Santa Bárbara

Santa Bárbara é uma freguesia portuguesa do concelho da Vila do Porto, na ilha de Santa Maria, nos Açores. Tem 15,42 km² de área e 405 habitantes (2011). A sua densidade populacional é 26,3 hab/km².

Localiza-se num vale no nordeste da ilha, e confronta com o oceano Atlântico a Norte e a Este e com as freguesias de Santo Espírito, a sudeste, de Almagreira, a sudoeste, e São Pedro, a oeste. É integrada pelos lugares de Termo da Igreja, Norte, Lagos, Lagoínhas, Feteiras, Pocilgas, Pico do Penedo, Poço Grande, Boa Vista, Forno, Barreiro, Fajã de São Lourenço, Arrebentão, Tagarete, Eira Alta e Ribeira do Amaro.

A topografia acidentada do terreno contribuiu para a dispersão espacial das habitações pelas colinas que circundam o vale. São casas pintadas de branco, onde predominam as "vistas" cor de anil, o que contribui para que seja considerada uma localidades mais pitorescas da ilha.

Geografia[editar | editar código-fonte]

De grande beleza natural, a sua paisagem natural é marcada por montes e profundos vales no fundo dos quais correm ribeiras.

Possui terrenos férteis e marcada tradição rural desde os tempos do povoamento da ilha, dedicando-se as populações historicamente à agricultura e à pecuária, complementadas pela pesca. Nas fajãs de São Lourenço, durante séculos, constituíram-se quartéis de vinha, que lhe conferem hoje o seu aspecto característico.

História[editar | editar código-fonte]

O povoamento do local remonta ao século XVI, sendo esta a terceira freguesia a ser criada, em meados desse século. O "Mapa dos Açores" (Luís Teixeira, c. 1584) assinala o casario sobre "La Prainha", atual praia de São Lourenço e, em mapas posteriores nele baseados, a toponímia "Villa da prainha".

À época, encontra-se referida por Frutuoso: "A outra [freguesia], de Santa Bárbara, fica ao longo da serra, da mesma banda do Norte, légua e meia da Vila [do Porto]."[1]

O mesmo autor refere ainda:

"(...) é freguesia de quarenta fogos e cento e dez almas de confissão, pouco mais ou menos; onde foi o primeiro cura Bartolomeu Luís, natural desta ilha de São Miguel, o qual não confirmou a igreja, porque quis antes um benefício na Vila. E Amador Fernandes, natural desta mesma ilha, foi o primeiro vigário confirmado; o segundo, José Gonçalves, o qual a renunciou; e ao presente é vigário Manuel Fernandes, natural da dita ilha de Santa Maria; em a qual freguesia mora gente muito honrada."[2]

De acordo com o estudo do Dr. Manuel Monteiro Velho Arruda, primitivamente toda esta região se chamava de São Lourenço, e assim dizia-se Freguesia de Santa Bárbara, lugar de São Lourenço.[3]

A descrição da freguesia no Álbum Açoriano em 1903 refere-a como a mais pobre da ilha, dedicando-se os seus habitantes ao cultivo do trigo, da batata e à criação de gado. Assinala ainda as obras nela feitas à época, das quais destaca o chafariz ao lado da igreja paroquial e o cemitério.[4] “A Freguesia de Santa Bárbara no passado e no presente”, por José de Sousa, “O Baluarte de Santa Maria”, Ano X, nº 82, II Série, 1 de fevereiro de 1984, p. 2 e 8

A freguesia sediou, entre 1965 e 31 de dezembro de 1977, uma estação da Cadeia NATO-D do sistema LORAN-A, designada Estação LORAN de Santa Maria, que funcionava como "master" em coordenação com a Estação LORAN das Flores (ramo 1S7) e com a Estação LORAN do Porto Santo (ramo 1S6). O complexo, que teve grande qualidade construtiva, encontra-se totalmente degradado e invadido pela vegetação.

A rede de distribuição de água potável na freguesia, no Lugar da Igreja e em São Lourenço, foi inaugurada em 11 de dezembro de 1966. Nos demais lugares foi-o apenas em 1983.

População[editar | editar código-fonte]

Evolução da População  1864 / 2011
População da freguesia de Santa Bárbara [5]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
959 1 073 1 056 1 087 1 087 1 181 1 268 1 430 1 699 1 750 1 248 621 512 480 405
Grupos Etários 2011
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 93 66 231 90 19,4% 13,8% 48,1% 18,8%
2011 56 59 221 69 13,8% 14,6% 54,6% 17,0%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

Património edificado[editar | editar código-fonte]

De acordo com a tradição, as habitações da freguesia são pintadas na cor branca com barras azuis. Entre o património edificado destacam-se:

Património natural[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. FRUTUOSO, Gaspar. Saudades da Terra, Livro III, capítulo IX.
  2. Op. cit., capítulo VII.
  3. "Igrejas da Comenda de Santa Maria da Assunção da Ilha de Santa Maria"
  4. "Santa Barbara" in Álbum Açoriano, fascículo 39, 1903, p. 305.
  5. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • FRUTUOSO, Gaspar. Saudades da Terra (Livro III). Ponta Delgada (Açores): Instituto Cultural de Ponta Delgada, 2005. ISBN 972-9216-70-3
  • GOMES, Isabel. Santa Bárbara: do mar ao céu. Vila do Porto (Açores): Câmara Municipal de Vila do Porto; ARDE, 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]