Almagreira (Vila do Porto)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Almagreira.
Portugal Portugal Almagreira 
  Freguesia  
Baía da Praia, vista do Miradouro da Macela
Baía da Praia, vista do Miradouro da Macela
Localização no concelho de Vila do Porto
Localização no concelho de Vila do Porto
Almagreira está localizado em: Açores
Almagreira
Localização de Almagreira nos Açores
Coordenadas 36° 58' N 25° 6' 11" O
País Portugal Portugal
Região Flag of the Azores.svg Açores
Concelho VPT1.png Vila do Porto
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Paulo Jorge Magalhães Moura (PPD/PSD)
Área
 - Total 10,58 km²
População (2011)
 - Total 599
    • Densidade 56,6 hab./km²

Almagreira é uma freguesia portuguesa do concelho da Vila do Porto, na ilha de Santa Maria, nos Açores. Tem 10,58 km² de área e 599 habitantes (2011). A sua densidade populacional é 56,6 hab/km².

Localiza-se na costa Sul da ilha e tem como freguesias limítrofes: Santo Espírito a Este, Santa Bárbara a Noroeste, São Pedro a Norte e Vila do Porto a Oeste. Com uma área de dez quilómetros quadrados, é integrada atualmente pelos lugares de Bom Despacho Velho, Almagreira do Nascente, Almagreira do Poente, Termo da Igreja, Brejos de Cima, Brejos de Baixo, Carreira, Ribeira das Covas, Fonte do Mourato e Praia.

História[editar | editar código-fonte]

O seu nome evoca a exploração do almagre, um tipo de argila avermelhada rica em chumbo, usada como pigmento.

Frei Agostinho de Montalverne refere que na ilha de Santa Maria "(…) se acham quatro freguesias, chorando ainda por mais, com as seguintes ermidas: Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora do Livramento, Nossa Senhora da Graça, Nossa Senhora dos Remédios (…)." (Crónicas da Província de S. João Evangelista das Ilhas dos Açores)

Posteriormente, o então bispo de Angra, D. António Caetano da Rocha, em 2 de Dezembro de 1766, criou um curato, "…o 3° da Igreja Matriz em benefício daquele povo e dos mais paroquianos que ficam naquele contorno para a parte da serra".[1]

Já no século XIX, o XII Comendador da Ordem de Cristo para a ilha de Santa Maria, D. Diogo José Ferreira de Eça e Menezes, 3º conde da Lousã, por alvará de 30 de junho de 1853, organizou e regularizou as côngruas dos párocos e necessidades do culto nas igrejas da Comenda e ordenou a criação do Curato sufragâneo da Matriz na Almagreira, Igreja do Bom Despacho.[2]

Na alçada civil, em virtude das reivindicações da população à época, a freguesia separou-se da de Nossa Senhora de Assunção (Vila do Porto) por decreto de 25 de Outubro de 1906,[3] compreendendo os lugares do Bom Despacho Velho, Brasil, Brejo de Baixo, Brejo de Cima, Brejo do Meio, Carreira, Congro, Courelas, Covas, Farropo, Fonte do Mourato, Fonte Nova, Graça e Praia.

A rede elétrica da freguesia foi inaugurada em 1971.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Almagreira [4]
1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
831 853 926 983 1 133 1 379 877 618 525 537 599
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 123 98 245 71 22,9% 18,2% 45,6% 13,2%
2011 123 83 340 53 20,5% 13,9% 56,8% 8,8%

Economia[editar | editar código-fonte]

A população ocupa-se tradicionalmente nas atividades ligadas à agro-pecuária, ao artesanato (trabalhos em vime, e tear) e à doçaria regional (biscoitos de orelha, cavacas, búzios).

Património edificado[editar | editar código-fonte]

Moinho de Vento da Carreira

De acordo com a tradição, as habitações da freguesia são pintadas na cor branca com barras vermelho-escuras, alegadamente a recordar a cor do almagre. Entre o património edificado destacam-se:

Além destes, destacam-se, no lugar do Bom Despacho, o solar dos antigos morgados e o portão armoriado dos Albergaria e no lugar das Covas, as chamadas "mata-mouras", também referidas como "covas do trigo".

Património arqueológico[editar | editar código-fonte]

Património Natural[editar | editar código-fonte]

Baía da Praia: vista do Forte da Prainha.

Além destes, destaca-se, no lugar do Farropo uma importante reserva de mata onde se conservam cedros, acácias, zimbros, sanguinhos, loureiros, pinheiros, buxos, azevinhos, urzes e vinháticos.

Referências

  1. Ver: Voto de Saudação da Assembleia Legislativa dos Açores
  2. Almagreira in Almanaque Açoriano. Consultado em 7 Jul 2011.
  3. Publicado no Diário do Governo nº 244, de 27 Out. 1906.
  4. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes



O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Almagreira (Vila do Porto)