Forte do Timbó

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Localização de Timbó

O Forte do Timbó localizava-se na margem direita do Rio Paraguai em solo argentino, perto da atual cidade de Las Palmas, Província do Chaco. Foi construída pelos paraguaios durante a Guerra do Paraguai (1864-1870) para defender o caminho fluvial que levava a capital Assunção.

O forte[editar | editar código-fonte]

Esboço da Fortaleza do Timbó.

Não se sabe ao certo quando se iniciou a construção da fortaleza, talvez em 1867 ou início de 1868. Timbó representava o último de um complexo de quatro fortalezas construídas ao longo do Rio Paraguai chamado de "O Quadrilátero", sendo a principal a de Humaitá. O complexo defensivo de fortalezas cobria cerca de 20 milhões de metros quadrados. O forte era totalmente desconhecido dos aliados[1] até quando estes forçaram a passagem de Humaitá e o encontraram guarnecido de 4 000 paraguaios[carece de fontes?] e 14 peças de artilharia,[2] causando mais danos aos encouraçados brasileiros do que a passagem anterior.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Doratioto 2008, p. 308.
  2. Thompson 1869, p. 245.
  3. Thompson 1869, p. 247.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Doratioto, Francisco (2008). Maldita Guerra (em Spanish). Buenos Aires: Emecé Editores. ISBN 978-950-04-2574-2 
  • Thompson, George (1869). The War in Paraguay: With a Historical Sketch of the Country and Its People and Notes Upon the Military Engineering of the War. London: Longman's, Green and Co 
  • Donato, Hernâni (1996). Dicionário das batalhas brasileiras. São Paulo: Editora Ibrasa. ISBN 9788534800341 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma fortaleza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.