Game (cão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura por esporte canino legal, veja Game dog.

Game ou gameness é uma qualidade de cães de combate e terriers de caça que são selecionados para desenvolver traços de avidez, apesar da evidente ameaça e concretização de lesões graves. Cães apresentando esta característica também podem ser descritos como perseverantes, belicosos, espirituosos, ou destemidos.[1]

Gameness é relativo ao termo inglês também grafado como "Game" que é utilizado no sentido de caça, animal alvo de caça, caça para alimentação e "caça esportiva", subdivido em large ou big game para presas maiores e small game para caças ou presas pequenas.[2]

Raças de cães de briga [editar | editar código-fonte]

American Pit Bull Terrier, uma raça selecionada pelo Gameness

Nas raças de cães de luta o gameness é valorizado como a qualidade que dá ao cão a capacidade de manter o ataque durante o combate, apesar de ter rasgado a carne, estar desidratado, exausto ou com ossos fraturados. Como um escritor descreve, "Game é o cachorro que não pára de lutar, o cão que vai morrer no ringue, o cão que vai lutar mesmo com duas pernas quebradas." Um cão que tem gameness é chamado de um Game-dog nos EUA. Um cão pertencente a uma linhagem selecionada para combate é chamado de Gamebred.

O escopo e o método de treinamento para o desenvolvimento físico de um cão varia significativamente de acordo com o nível e experiência do criador de cães de combate. Algumas raças de combate conhecidas com sangue terrier são o American Pit Bull Terrier, o Irish Staffordshire Bull Terrier, e o Gull Terr.

A luta de cães é proibida na maior parte dos países do mundo moderno. O gameness hoje é redirecionado para caça pesada.

Terriers de trabalho[editar | editar código-fonte]

Em relação aos terriers de trabalho e outros pequenos cães de caça, provas de caça são utilizadas para determinar o gameness do cão na caça de pragas perigosas que vivem em tocas. A American Working Terrier Association oferece atualmente um Certificado de Gameness (CG)[3] como teste básico de temperamento(o que significa que ele é feito sem condicionar/treinar o cão, para ver se o cão naturalmente apresenta gameness) para terriers de trabalho e dachshunds. No passado, o Irish Kennel Club requeria um, agora descartado, "Certificado de Teastas Mor" para cães campeões de exposição (destinados a reprodução) que envolvia  "mostrar o gameness ao atacar texugos. Cinco minutos é o período mínimo que um terrier deve estar em contacto com o texugo, exceto quando o terrier draw o texugo em menos tempo." "Draw" significava puxar o texugo para fora da toca. O objetivo do "Teastas Mor" era determinar as capacidades do cão para o trabalho e aptidão para reprodução, não para o entretenimento, como era nos antigos desportos sangrentos.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]