Gelson Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gelson Oliveira
Informação geral
Nascimento 1955 (63 anos)
Origem Porto Alegre, RS
País  Brasil
Gênero(s) afro-beat, MPB
Ocupação(ões) cantor
compositor
violonista
produtor musical

Gelson Oliveira (Porto Alegre, 7 de abril de 1955) é um cantor, compositor, violonista e produtor musical brasileiro.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Gelson Oliveira mudou-se com os pais, aos 10 anos de idade, para a cidade de Gramado, onde trabalhou com artesanato em madeira. Confeccionou os troféus Kikito, distribuídos no Festival de Cinema de Gramado.[2] Ainda na adolescência, passou a cantar em grupos musicais. Decidiu retornar a Porto Alegre no final da década de 1970.

Em sua cidade natal, Gelson apresentou o show Lado a Lado, juntamente com o cantor Nei Lisboa, em 1979. Morou durante algum tempo no Rio de Janeiro, retornando a Porto Alegre para lançar seu primeiro álbum de maneira independente, intitulado Terra, em parceria com o baterista gaúcho Luiz Ewerling. O lançamento do LP ocorreu no auditório da Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.[3]

Em 1990 recebeu o Prêmio Fiat da Música Nacional. Em 1993 conquistou o Prêmio Sharp, com o álbum Imagem das Pedras, que contou com a participação de Gilberto Gil.

Em 1997 lançou o álbum Tempo ao Tempo, com financiamento do Fundo Municipal de Apoio à Produção Artística e Cultural de Porto Alegre (Funproarte). Em1999 lançou um CD independente, ao lado do trombonista Júlio Rizzo.

No ano de 2002 participou da gravação do CD Juntos 2 – Povoado das Águas, pela gravadora Atração Fonográfica, juntamente com Nelson Coelho de Castro, Bebeto Alves e Totonho Villeroy. Em 2009, completando 30 anos de carreira, gravou o CD Tridimensional.[4] Pelo álbum, Gelson recebeu o Prêmio Açorianos de Música, na categoria melhor compositor, sendo também premiado como melhor produtor musical na categoria MPB, pelo CD Ziringuindim, da cantora Zilah Machado.[5]

Em 2009, Gelson lança o disco Tridimensional, que entre as faixas contém a canção "Memórias de Um Cantador", que concorreu anteriormente a um festival de música em Porto Alegre.

E em 2016 saiu o seu primeiro disco de canções infantis chamado O Ônibus do Sobe e Desce.

Gelson Oliveira é o compositor de Papagaio Pandorga, música-tema do programa infantil Pandorga, apresentado pela TV Educativa de Porto Alegre.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

  • 1983 - Terra
  • 1992 - Imagem das Pedras
  • 1997 - Tempo ao Tempo
  • 1999 - Gelson Oliveira e Júlio Rizzo
  • 2003 - O Anjo Negro
  • 2009 - Tridimensional
  • 2016 - O Ônibus do Sobe e Desce

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

  • 1995 - Gelson Oliveira

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio da Música Brasileira[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicação Resultado
1992 Revelação Masculina de MPB Gelson Oliveira[6] Venceu

Prêmio Açorianos[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicação Resultado
1991[7] Cantor Gelson Oliveira Venceu
1993[8] Cantor Gelson Oliveira Indicado
1995[9] Cantor Gelson Oliveira Indicado
1998[10] Disco de MPB ou Samba Juntos (com Antonio Villeroy, Bebeto Alves e Nelson Coelho de Castro) Venceu
1999[11] Compositor de MPB Gelson Oliveira Indicado
Disco Instrumental Gelson Oliveira e Júlio Rizzo (com Júlio Rizzo) Indicado
2001[12] Intérprete de MPB Gelson Oliveira Venceu
2009[13] Produtor Musical Gelson Oliveira (por Ziringuindim, de Zilah Machado) Venceu
Compositor de MPB Gelson Oliveira Venceu
2012[14] Arranjador Alex Alano, Marisa Rotenberg e Gelson Oliveira (por Redondas, de Alex Alano) Indicado
Produtor Musical Marisa Rotenberg e Gelson Oliveira (por Redondas, de Alex Alano) Indicado
2014[15] Disco Infantil O Ônibus do Sobe e Desce Venceu
  • Festival de Música da PUC (Melhor Cantor e Melhor Música): 1983
  • Prêmio Fiat da Música Nacional: 1990
  • Festival Canta Montenegro (Melhor Cantor e Melhor Música): 1993

Referências

  1. Dicionário Cravo Albin de MPB - Gelson Oliveira
  2. Biografia de Gelson Oliveira no Cravo Albin
  3. dados artísticos de Gelson Oliveira no Cravo Albin
  4. Gelson Oliveira lança novo álbum Jornal do Comércio, 9 de junho de 2010
  5. Músico Gelson Oliveira é o convidado do sarau hoje TCA, 9 de junho de 2010
  6. Correio do Povo (22 de agosto de 2017). «Gelson Oliveira apresenta espetáculo "Trajetória" nesta quarta em Porto Alegre». Consultado em 16 de abril de 2018 
  7. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Vencedores do Prêmio Açorianos de Música - 1991». Consultado em 16 de abril de 2018 
  8. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Indicados ao Prêmio Açorianos de Música - 1993». Consultado em 16 de abril de 2018 
  9. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Indicados ao Prêmio Açorianos de Música - 1995». Consultado em 17 de abril de 2018 
  10. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Vencedores do Prêmio Açorianos de Música -1998». Consultado em 17 de abril de 2018 
  11. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Indicados ao Prêmio Açorianos de Música - 1999». Consultado em 16 de abril de 2018 
  12. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Vencedores do Prêmio Açorianos de Música - 2001». Consultado em 16 de abril de 2018 
  13. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Vencedores do Prêmio Açorianos de Música - 2009». Consultado em 16 de abril de 2018 
  14. Zero Hora (18 de junho de 2013). «Prêmio Açorianos de Música é na próxima terça, dia 25; confira os indicados». Consultado em 7 de maio de 2018 
  15. Jornal Sul21 (2 de dezembro de 2015). «Festa do Prêmio Açorianos de Música 2014/2015 tem emoção e variedade musical». Consultado em 7 de maio de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.