Gilberto Cotrim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde junho de 2017) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Gilberto Cotrim
Nascimento 5 de março de 1955 (62 anos)
Nacionalidade Brasil brasileiro
Ocupação Professor de História e Filosofia. Escritor.

Gilberto Cotrim (São Paulo, 5 de março de 1955) é um educador e historiador brasileiro. Seu trabalho está comprometido com a construção da cidadania e com a defesa da cultura democrática. Isso pode ser observado em seus livros, que abordam assuntos como: respeito à pluralidade religiosa; combate ao racismo; redução das desigualdades sociais e de gênero.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Gilberto Cotrim é historiador graduado pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo e licenciado pela Faculdade de Educação da USP. É advogado inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP).[2] Defendeu Mestrado em Educação e História da Cultura pela Universidade Mackenzie.[3] Cursou filosofia na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Gilberto Cotrim tem larga vivência no campo editorial. Foi presidente da Associação Brasileira dos Autores de Livro Educativo (ABRALE).[4] É autor de diversos livros publicados pela Editora Saraiva, como: História Global, Fundamentos da Filosofia e Educação para uma escola democrática.[5]

Obras do autor[editar | editar código-fonte]

Historiar – Ensino Fundamental (2015)[editar | editar código-fonte]

Em coautoria com Jaime Rodrigues

Ao estudar aspectos de diferentes sociedades, com destaque para a brasileira, esta obra tem como objetivo apresentar caminhos pelos quais o ensino de História contribui para a construção da cidadania, da autonomia intelectual e da criatividade. "Pela reflexão histórica, podemos ampliar a consciência do que fomos para transformar o que somos".[6]

Essa coleção foi avaliada e aprovada no Programa Nacional do Livro Didático 2017 (PNLD 2017).[1] Segundo a resenha, a obra tem como principal preocupação a "construção de uma consciência e uma ética cidadã".[1]

História Global – Ensino Médio (2016)[editar | editar código-fonte]

Esta obra traz uma visão contemporânea de alguns conteúdos históricos relativos a diversas sociedades, com destaque para aqueles relacionados ao Brasil. O ofício do historiador é apresentado como um esforço consistente para interpretar pessoas e culturas. No entanto, esse processo de conhecimento é concebido como uma atividade contínua sem a pretensão de fixar pontos derradeiros ou verdades absolutas.[7]

Fundamentos de Filosofia Ensino Médio (2013)[editar | editar código-fonte]

Em coautoria com Mirna Fernandes

Esta obra desenvolve conteúdos de Filosofia a partir de um enfoque temático e histórico. Apresenta problemas filosóficos fundamentais e trabalha conceitos estruturantes, correntes e autores. Estimula-se a filosofia por meio de conteúdos conceituais, procedimentais e atitudinais.

A obra tem como estratégia apresentar a filosofia de forma dialógica, propiciando uma boa dinâmica pedagógica, "amparada tanto pelos vínculos que a obra estabelece entre as temáticas filosóficas e o mundo do aluno quanto pela linguagem clara e acessível, evitando a aparência hermética e artificial que debates filosóficos podem assumir num primeiro contato".[8]

Fundamentos da Filosofia Ensino Médio (2013)[editar | editar código-fonte]

Este livro apresenta um texto claro e conciso, que aborda o pensamento dos grandes filósofos e os temas mais frequentes da tradição filosófica ocidental. Seu objetivo é servir de introdução aos estudos filosóficos trazendo mapas conceituais, textos de autores, projetos temáticos, conceitos chave. Além disso, a edição de 2013 traz um capítulo sobre Lógica.[9]

Direito Fundamental (2011)[editar | editar código-fonte]

Este livro apresenta uma visão ampla e concisa do Direito Público e Privado. Aliando o rigor jurídico à acessibilidade da comunicação, aborda os temas essenciais do direito constitucional, administrativo, tributário, penal, civil, comercial, do consumidor e trabalhista. Além da dimensão teórica, o livro traz atividades práticas e exemplos de documentos variados de uso cotidiano. Ao final, apresenta um vocabulário técnico com os termos básicos da linguagem jurídica.[9]

Ao lembrar do provérbio jurídico o direito não socorre os que dormem, Cotrim conclui que, na vida em sociedade, precisamos estar despertos, pois não há cidadania sem consciência dos nossos direitos e deveres.[10]

Educação para um escola democrática (1991)[editar | editar código-fonte]

"Não somos culpados pelo mundo que encontramos ao nascer. Mas precisamos, na medida de nossas possibilidades fazer alguma coisa pelo mundo que está sendo construído ou desconstruído. E que será herdado pelas futuras gerações."[11] Essa reflexão resume o papel imenso da educação desenvolvido nesta obra, que procura servir a uma escola democrática, aberta ao diálogo crítico, à pluralidade cultural, que preza o rigor, mas foge da rigidez.[11]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. a b c «Guia Digital do PNLD 2017». www.fnde.gov.br. Consultado em 26 de janeiro de 2017 
  2. COTRIM, G. Direito Fundamental. São Paulo: Saraiva, 2008.
  3. COTRIM, G. Representações de D. João VI: em livros didáticos brasileiros e portugueses e no filme Carlota Joaquina (1994-2002). 2003. 154 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
  4. ABRALE. Relação dos membros da diretoria eleita em 09/12/1996. Acesso em 29 mar. 2016.
  5. Editora Saraiva. Obras de Gilberto Cotrim. Acesso em 29 mar. 2016.
  6. COTRIM, Gilberto; RODRIGUES, Jaime (2015). Historiar 9º ano. São Paulo: Saraiva. 274 páginas 
  7. COTRIM, Gilberto (2016). História Global - Manual do Professor. São Paulo: Saraiva. pp. 4–5 
  8. BRASIL, "Ministério da Educação" (2014). «Guia de livros didáticos: PNLD 2015: filosofia: ensino médio». Secretaria da Educação Básica. p. 40. Consultado em 27 de janeiro de 2017 
  9. a b «Gilberto Cotrim - página oficial». Gilberto Cotrim - página oficial. Consultado em 26 de janeiro de 2017 
  10. COTRIM, Gilberto (2011). Direito Fundamental. São Paulo: Saraiva. pp. VI 
  11. a b COTRIM, Gilberto (1991). Educação para uma escola democrática: história e filosofia da educação. São Paulo: Saraiva. pp. 4–5