Godspell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Godspell (um arcaica grafia da palavra gospel) é um musical escrito por Stephen Schwartz e John-Michael Tebelak. Estreou na Broadway em 17 de maio de 1971, e foi reapresentado por varias companhias diversas vezes desde então. Vários álbuns com a trilha sonora do musical já foram lançados ao longo dos anos e uma de suas músicas, "Day by Day", do álbum original, alcançou o número 13 na lista da revista Billboard no verão de 1972.

A estrutura do musical é a de uma série de parábolas, retiradas principalmente do Evangelho de Mateus. Estes são, entretanto, intercaladas com uma variedade de músicas modernas com origem principalmente nos antigos hinos cristãos, a Paixão de Cristo é tratado brevemente no final da performance. A ideia do musical vem de um projeto realizado por estudantes universitários da Carnegie Mellon University, que depois virou uma produção da Broadway que acabou sendo um sucesso de longa data. A ideia do musical foi também de servir como um contraponto ao musical Hair, pois sua proposta enfatiza o legado do cristianismo e principalmente da personagem de Jesus de Nazaré como o filho de Deus e salvador da humanidade.

O musical estreou um ano após o musical Jesus Cristo Superstar, que também é um musical com temas religiosos.

Em 2012, uma remontagem do musical estreou no Teatro Commune, em São Paulo. Com direção de Kléber diLázzare e produção de Janaína Lince e Evandro Martins Fontes. Inaugurando o estilo off-Broadway na cena de Teatro Musical paulistana, a montagem estrelou Anna Toledo, Aline Leite, Arthur Berges, Carlos Sanmartin, Davi Tápias, Igor Miranda, Janaína Lince, Louise Helene, Mariana Elisabetsky, Pier Marchi, Renata Versolato e Guilherme Lazzary. Na segunda temporada do musical, em novembro de 2013, as atrizes Luciana Milano e Kotoe Karasawa integraram o elenco em substituições.[1]

Em 2016, uma nova montagem aconteceu em São Paulo, dessa vez encabeçada pelo novo Produtor Carlos Alberto Júnior "LS Produções" (Logun Edé / O Rei Leão), onde assina a Direção Musical também. Já a Direção, ficou a cargo de Dagoberto Feliz, e as versões de Guilherme Leal e Kaíque Azarias. No elenco, Leonardo Miggiorin interpretou o papel de Jesus Cristo, alternando com o ator Rafael Pucca, bem como o veterano ator de Teatro Musical Beto Sargentelli interpretou o papel de João Batista/Judas. No elenco ainda temos Juliana Peppi, Fernanda Cascardo, Nathália Borges, Gabi Medvedovski, Mariana Nunes, Priscila Esteves, Pedro Navarro, Matheus Severo, Artur Volpi e Adler Henrique. O musical teve 40 apresentações, encerrando a sua 1º temporada em 18 de Setembro de 2016, com a promessa de um retorno em 2017. Em menos de um mês após o término, o musical foi indicado em duas categorias no Prêmio Arte Qualidade Brasil, de Melhor Ator em Musical (Beto Sargentelli) e Melhor Diretor de Musical (Dagoberto Feliz).

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.