Gokukoku no Brynhildr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
'Gokukoku no Brynhildr'
極黒のブリュンヒルデ
('Gokukoku no Buryunhirude')
Gênero Ação, Drama, Romance, Ficção científica, Harem.
Mangá
Autor Lynn Okamoto
Editora(s) Shūeisha
Revista Weekly Young Jump
Público-alvo Seinen
Data de publicação 26 de janeiro de 2012 - presente
Volumes 9
Anime
Direção Kenichi Imaizumi
Estúdio Arms
Exibição original 6 de abril de 2014 – 29 de junho de 2014
Emissoras de TV Tokyo MX
Nº de episódios 13
Projeto Animangá  · Portal Animangá

Gokukoku no Brynhildr (極黒のブリュンヒルデ, Gokukoku no Buryunhirude?) é um manga japonês escrito e ilustrado por Lynn Okamoto. A serialização teve início na revista semanal de manga seinen, "Weekly Young Jump". A história conta com uma adaptação em anime dirigida pela Arms Corporation,[1] cuja primeira transmissão ocorreu a 6 de abril de 2014.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Quando ele era criança, Murakami apaixonou-se por uma garota chamada Kuroneko. Ela insistia em dizer que conhecia aliens e que havia se encontrado com eles, mas ninguém acreditava, até o jovem Murakami duvidava. Certo dia, ela decide mostrar-lhe os aliens, mas um acidente acontece e Murakami é internado, depois informado de que ela não sobreviveu. Alguns anos depois Murakami está obcecado na busca de provas da existência de aliens por causa de uma promessa que fez a Kuroneko. Certo dia, uma aluna transferida entra na sua turma, que além de se parecer com Kuroneko, também tem um nome parecido, Kuroha Neko. E apesar de ela insistir nunca ter visto Murakami antes, a garota tem poderes sobrenaturais. Como a vida de Murakami mudará agora que ele foi salvo por essa garota misteriosa que diz ser uma maga?

Média[editar | editar código-fonte]

Manga[editar | editar código-fonte]

A manga Gokukoku no Brynhildr é escrita e ilustrada por Lynn Okamoto. A serialização começou na revista semanal Weekly Young Jump em janeiro de 2012. O primeiro volume tankōbon foi lançado a 18 de maio de 2012;[3] até 19 de março de 2014, houve um total de oito volumes.[4]

Anime[editar | editar código-fonte]

A adaptação para anime foi anunciada oficialmente na primeira edição da Weekly Young Jump em 2014, o que seria a cargo do estúdio Arms Corporation.[5] Mais tarde, foi revelado que a estreia decorreria a 6 de abril de 2014, sendo transmitido pela emissora japonês Tokyo MX, e mais tarde pelas ytv, CTV, BS11 and AT-X.. A série é dirigida por Kenichi Imaizumi (Katekyo Hitman Reborn!), enquanto que o roteiro principal está a cargo de Yukinori Kitajima. O diretor da animação e desenho de personagens é Hiroaki Kurasu enquanto que Nao Tokisawa é o responsável pela trilha sonora.

Referências