Gonçalo Anes de Berredo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Gonçalo Anes de Briteiros.

Gonçalo Anes de Berredo (morreu antes de 1329 ),[1] também conhecido como Gonçalo Anes de Briteiros,[1][2] foi um nobre e rico-homem do Reino de Portugal, filho de João Mendes de Briteiros e de Urraca Afonso,[2][3] filha natural do rei D. Afonso III e da nobre moçárabe Madragana Ben Aloandro.

Esboço biográfico[editar | editar código-fonte]

Foi senhor da casa de seu pai assim como das terras de Berredo.[2] Aparece pela primeira vez na Cúria Régia em 1315 confirmando uma doaçao de seu tio, o rei Dinis I,[1] de quem possivelmente foi conselheiro em 1320,[3] e foi um dos ricos-homens que presou juramente de fidelidade em 1323 ao infante, o futuro rei Afonso IV.[1] Morreu antes de 1329 quando a seu viúva aparece com os quatro filhos, "todos referidos no grupo dos ricos-hoens naturais da igreja de Vilar de Porcos".[4]

Matrimónio e descendência[editar | editar código-fonte]

Casou antes de 1317 com Sancha Peres de Gusmão,[1] filha de Pedro Nunes de Gusmão e de Inês Fernandes de Lima,[a] de quem teve:[b]

Notas[editar | editar código-fonte]

[a] ^ Em 1317 Gonçalo e sua esposa Sancha fizerom um escambo com Aldonça Anes, seu prima, dando-lhe bens que ele e Sancha possuiam da parte de Inês Fernandes de Lima.[6]
[b] ^ Sotto Mayor Pizarro menciona a Maria e outros três filhos de nomes desconhecidos e diz que apenas Maria é referida pelos livros de linhagens.[4]

Referências

  1. a b c d e Sotto Mayor Pizarro 1997, p. 765, vol. II.
  2. a b c Felgueiras Gayo 1938, p. 87.
  3. a b Sotto Mayor Pizarro 1987, p. 175.
  4. a b c Sotto Mayor Pizarro 1997, p. 766, vol. II.
  5. Felgueiras Gayo 1938, p. 88.
  6. Sotto Mayor Pizarro 1997, p. 766, n. 77, vol. II.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre figuras históricas de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.