Gottfried Kirch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gottfried Kirch
Astronomia
Nacionalidade Alemanha Alemão
Nascimento 18 de dezembro de 1639
Local Guben
Morte 25 de julho de 1710 (70 anos)
Local Berlim
Atividade
Campo(s) Astronomia

Gottfried Kirch (também Kirche, Kirkius) (Guben, 18 de dezembro de 1639Berlim, 25 de julho de 1710) foi um astrônomo alemão.

Filho de um sapateiro em Guben, Eleitorado da Saxônia, Kirch trabalhou inicialmente produzindo calendários na Saxônia e na Francônia. Começou a aprender astronomia em Jena, e foi aluno de Johannes Hevelius em Gdańsk, onde em 1667 publicou calendários e construiu diversos telescópios e outros instrumentos.

Em 1686 foi para Leipzig, onde observou o Grande Cometa de 1686, juntamente com Christoph Arnold. Em Leipzig Kirch conheceu sua segunda mulher, Maria Margarethe Kirch, que havia aprendido astronomia com Arnold. Em 1686 criou e cartografou a agora obsoleta constelação Sceptrum Brandenburgicum.[1] Mais tarde, em 1699, observou o cometa 55P/Tempel–Tuttle, porém sua observação não foi reconhecida até análise posterior por Joachim Schubart.[2]

Em 1700, Kirch foi indicado por Frederico I da Prússia o primeiro astrônomo da Sociedade Real de Ciências do Reino da Prússia.

Kirch estudou a estrela dupla Mizar, e descobriu o Aglomerado do Pato Selvagem e Messier 5. Descobriu em 1686 a mira variável Chi Cygni.

Faleceu em Berlim com setenta anos de idade. A cratera lunar Kirch e o asteroide 6841 Gottfriedkirch foram denominados em sua homenagem.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um astrônomo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.