Grupo Amalteia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Grupo Amaltéia é o nome dado aos quatro pequenos satélites de Júpiter, os quais estão mais próximos dos satélites galileanos. Dada a distância relativamente curta entre estas luas e Júpiter, os efeitos da maré acabam por sincronizar a rotação destes satélites. As quatro luas têm órbitas relativamente circulares e pouco inclinadas em relação ao plano equatorial de Júpiter.

Estes satélites estão intimamente interligados com os anéis de Júpiter e servem tanto de fonte como escoadouro do material dos anéis. A distância entre seus semi-eixos maiores é de 128.000 e 222.000 quilômetros.[1]

Este grupo é composto dos seguintes satélites (listados em ordem de distância de Júpiter):

  • Métis (43 km de diâmetro): é o satélite mais próximo, e gira ao redor de Júpiter em 7 horas, aproximadamente. A sua distância média é de 127.960 km.
  • Adrastea (16 km de diâmetro): orbita Júpiter a uma distância média de 128.980 km.
  • Amaltéia (172 km de diâmetro): é o maior dos quatro satélites, por isso dá nome ao grupo. Encontra-se a uma distância de 181.300 km de Júpiter.
  • Tebe (96 km de diâmetro):é o satélite mais distante do grupo, a 221.900 km de Júpiter.

Partículas provenientes das luas Metis e Amaltéia fornecem material para os anéis de Júpiter. Tal como as luas internas de Saturno, é provável que estes quatro satélites tenham sido destruídos por cometas e mais tarde reconstruídos pela ação da gravidade ao longo da história do sistema solar.

Galeria de imagens obtidas pela sonda Galileo[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. J.A. Burns, D.P. Simonelli, M.R. Showalter, D.P. Hamilton, C.C. Porco, L.W. Esposito, H. Throop,. «Jupiter: The planet, Satellites and Magnetosphere > Jupiter's Ring-Moon System» (PDF) (em inglês). Bagenal, F.; Dowling, T. E.; McKinnon, W. B. Consultado em 20 de Junho de 2008 

Referências extras[editar | editar código-fonte]

  • Physics of the Solar System; B. Bertotti, P. Farinella, D. Vokrouhlicky; Kluwer Academic Publishers, (2003).
  • Satellites; Editors J. A. Burns, M. S. Matthews. Chapter 1: Some background about satellites, by J. A. Burns (1986).
Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.