Honório Bicalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

Honório Bicalho é um distrito de Nova Lima.

Inicialmente, o distrito se chamava Faria Garcês. Depois Ribeirão dos Macacos. O nome atual deriva de uma estação ferroviária construída em 1890 no local e cujo nome, Honório Bicalho, foi uma homenagem a um engenheiro que participou na construção de obras públicas em portos e ferrovias brasileiras e foi chefe na construção da Estrada de Ferro D. Pedro II.[1]

Na década de 1990, a estação de trem foi demolida.[1] Antes da demolição, até 1996, recebia diariamente trens de subúrbio que ligavam Belo Horizonte a Rio Acima.

O distrito de Honório Bicalho compreende os bairros Centro, Bom Será, Alto do Gaya, Antônio Horta, Seabra, Nova Suíça, Matozinhos e Estância das Gabirobas.

Atualmente, o local faz parte de uma rota turística, por ser caminho da Estrada Real.[2]

Referências

  1. a b Ralph Mennucci Giesbrecht. (22 de outubro de 2011). «Estação Honório Bicalho». Consultado em 2 de agosto de 2013 
  2. www.sounovalima.com.br (2 de agosto de 2012). «Nova Lima e suas belezas: Você conhece a Rota Honório Bicalho?». Consultado em 1 de agosto de 2013 [ligação inativa]