Hugo Barra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hugo Barra
Hugo Barra no lançamento da Xiaomi em 30/06/2015
Nascimento 28 de outubro de 1976 (41 anos)
Belo Horizonte, MG
Residência São Francisco, Califórnia
Nacionalidade brasileiro
Alma mater Massachusetts Institute of Technology
Universidade Federal de Minas Gerais (B.E.E.)
Ocupação Vice Presidente,
Oculus Rift
Principais trabalhos LOBBY07, Nuance Communications, Google
Xiaomi, Oculus Rift (atual)

Hugo Barra (Belo Horizonte, 28 de outubro de 1976) é um executivo de tecnologia e empreendedor.

Atualmente é vice-presidente da Oculus, empresa responsável por produtos de realidade virutal, com sede em Irvine (Califórnia), Estados Unidos. De 2008 a 2013, ele atuou em uma série de funções de gerenciamento de produtos da Google em Londres e Califórnia, incluindo vice-presidente e porta-voz de produto da divisão Android do Google.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Barra frequentou o ensino fundamental e médio na unidade do Colégio Pitágoras em Belo Horizonte, Brasil, e em 1995 matriculou-se na Universidade Federal de Minas Gerais (EECS), com especialização em Engenharia Elétrica.[1] Em 1996, transferiu-se para o Massachusetts Institute of Technology (MIT) em Cambridge. Enquanto estudante do MIT, Trabalhou no MIT Media Lab e MIT Artificial Intelligence Lab.[2] Também estagiou na Netscape Communications, Walt Disney Imagineering, Merrill Lynch e McKinsey & Company.[2]

Barra recebeu diversos graus como Bacharel em ciências no MIT, nas áreas de Engenharia Elétrica e Ciência da Computação (EECS) e Ciências Administrativas, também cumprindo matérias em Economia.[3] Recebeu o Mestrado em Engenharia na EECS.[3] Ele foi o presidente da turma de graduação de 1999–2000 e estudante palestrante do MIT no início de 2000.[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 2000, Barra co-fundou a startup LOBBY7 com colegas do MIT[5]. O nome da empresa foi inspirado no hall de entrada do edifício 7, a entrada principal do Corredor Infinito no MIT. O financiamento para criação da empresa foi fornecido pelo Boston-based VCs, Softbank e Clarity Capital.

Essa startup fornecia um software móvel de reconhecimento de voz e foi adquirida pela ScanSoft em 2003, que em 2005 se tornou Nuance Communications após uma fusão.[6] Barra ocupou diversas posições na Nuance em Gerência de Produtos, Marketing de Produto e Desenvolvimento de negócios, lançando uma série de produtos de reconhecimento de voz móvel.[6]

Google[editar | editar código-fonte]

Barra juntou-se ao Google em Londres em março de 2008 como Gerente de Grupo de Produtos para o time Google Mobile liderado por Vic Gundotra.[7] Em 2010, Barra entrou na equipe do Android.

De 2010 a 2013, seu papel na empresa cresceu e Barra passou a apresentar conferências de imprensa. Foi promovido à vice-presidência da equipe Android em 2012.

Xiaomi[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 2013, Barra saiu do Google para aceitar o cargo de vice-presidente internacional da Xiaomi. Em janeiro de 2017, revelou sua saída da empresa e justificou estar fortemente motivado a fazê-lo pela saudade da vida que construiu no Vale do Silício.

Facebook[editar | editar código-fonte]

Hugo Barra anunciou, em 25 de janeiro de 2017, que entraria para a equipe da rede social para liderar os esforços da empresa na área de realidade virtual, na divisão da Oculus.[8]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hugo Barra