Hui (povo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Hui
回族
HuiChineseMuslim3.jpg
Chineses huis (2006)
População total

13 958 000[1]

Regiões com população significativa
 China - Ningxia, Gansu, Qinghai, Xinjiang
Línguas
Mandarim, dungan, persa, outras línguas chinesas
Religiões
Star and Crescent.svg Islão sunita
  
95,99%
Atheismsymbol endorsed by AAI.svg Irreligião
  
4%
Ichthus.svg Cristianismo[1]
  
0,01%
Grupos étnicos relacionados
Han, dunganes, bonãs

O povo hui (em língua mandarim: 回族; pinyin: Huízú; Xiao'erjing: حُوِ ذَو) é um grupo étnico chinês tipicamente distinto pela sua prática do Islão.[2] Hui é a abreviação do nome completo Huihui (回回); formam um dos 56 grupos étnicos oficialmente reconhecidos pela República Popular da China.[3]

Concentram-se no noroeste da China (Ningxia, Gansu, Qinghai, Xinjiang), mas existem comunidades espalhadas por todo o país.

A maioria dos huis é semelhante em cultura à etnia han com a exceção da prática do Islão, e tendo algumas características culturais distintas como resultado. Por exemplo, como muçulmanos, seguem as leis alimentares islâmicas e rejeitam o consumo de porco, a segunda carne comum mais consumida na cultura chinesa (sendo galinha a principal), tendo dado origem à sua variação da cozinha chinesa (a cozinha islâmica chinesa) e às artes marciais chinesas muçulmanas. O seu modo de vestir difere igualmente apenas nos chapéus brancos que os homens usam e nos véus ou lenços na cabeça que as mulheres usam, como é o caso da maioria das culturas islâmicas.

Homem hui.

Referências

  1. a b Project, Joshua. «Hui in China». joshuaproject.net (em inglês). Consultado em 6 de julho de 2022 
  2. Gladney 1996, p. 20.
  3. Gladney 1996, p. 18; or Lipman 1997, pp. xxiii-xxiv
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.